Os ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS) acompanhados de pedidos de resgate para a interrupção da campanha maliciosa tiveram um aumento significativo no quarto trimestre de 2021, crescendo 175% em relação ao período anterior. É o que aponta um relatório divulgado pela Cloudflare na terça-feira (10).

Segundo a firma especializada em segurança online e distribuição de conteúdo, entre outros serviços, um quarto dos seus clientes foi alvo de ataques DDoS com ameaças de extorsão nos últimos três meses do ano passado. A maioria deles aconteceu em dezembro, quando as empresas receberam duas vezes mais solicitações de resgate do que em novembro.

A companhia informou ainda que o número anual de campanhas maliciosas deste tipo aumentou 29% em comparação com a quantidade registrada em 2020. Eles começaram a se tornar uma ameaça em meados daquele ano e desde então têm ficado cada vez mais comuns e complexos.

Nas campanhas com pedido de resgate, o serviço só falta a funcionar após o pagamento feito pelas vítimas.

No documento, também é detalhado o crescimento dos ataques DDoS de camada de aplicativo, que impedem o acesso do usuário a um determinado serviço, cujo aumento foi de 641% no quarto trimestre. Da mesma forma, os ataques DDoS de camada de rede, direcionados a derrubar toda a infraestrutura cibernética do alvo, tiveram evolução significativa no período.

Principais alvos

Mesmo não se tratando de uma técnica avançada de ataque cibernético, o DDoS tem se mostrado eficaz, ligando o alerta entre os especialistas em segurança. Nesse tipo de campanha, servidores e a infraestrutura online de empresas e entidades recebem enormes quantidades de acessos simultâneos, tornando a rede lenta ou totalmente offline.

Conforme a Cloudflare, os maiores alvos dos cibercriminosos que utilizam esse método são grandes varejistas, serviços de streaming e redes pertencentes a governos locais. Apps de negócios baseados na nuvem e plataformas de jogos online são outras vítimas muito procuradas pelos atacantes.

Fonte: Cloudflare, ZDNET e PortSwigger

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Apple teria discutido possível aquisição da Electronic Arts (EA)

A gigante dos jogos estaria procurando uma opção de venda ou fusão — e algumas empresas fo…