O site OnlyFans, que oferece conteúdo por assinatura, anunciou que vai bloquear fotos e vídeos sexualmente explícitos a partir de 1º de outubro.

Algum conteúdo com nudez ainda poderá ser postado, mas precisa seguir as políticas do OnlyFans.

A decisão foi anunciada após pressão de bancos e empresas que oferecem meios de pagamento e que têm parcerias com a plataforma.

O site cresceu durante a pandemia de coronavírus e diz ter 130 milhões de usuários.

“A fim de garantir a sustentabilidade de nossa plataforma a longo prazo e continuar abrigando uma comunidade inclusiva de criadores e fãs, devemos evoluir nossas diretrizes de conteúdo”, afirmou o OnlyFans em um comunicado.

Com sede em Londres, a plataforma fundada em 2016 pelo empresário Tim Stokely permite que criadores postem vídeos e fotos e disponibilizem esse conteúdo mediante pagamentos avulsos ou uma taxa mensal.

Por hospedar o material, o OnlyFans fica com uma parcela de 20% de todos os pagamentos.

Os criadores podem postar uma variedade de conteúdo, de culinária aos esportes, mas a plataforma é mais conhecida pela pornografia.

A artista plástica Pietra Príncipe, que também publica na plataforma. “Embora meu conteúdo seja erótico e não pornô, ao ler as matérias sobre, achei um retrocesso. Supostamente, segundo as matérias, isso seria para ‘agradar aos bancos’. Sinto muito pelas criadoras e criadores de conteúdo pornô explícito, que produzem material de suas casas e tem controle sobre o que publicam e assim se sustentam e muitas vezes, se mantêm longe de situações de risco.”

“Não publico pornografia no Onlyfans mas eu acho o consumo ético, interessante, além de dar autonomia aos criadores e criadoras. Achei arbitrária, moralista, perigosa e infantilizadora a medida: um retrato dos nossos tempos. Vai prejudicar o sustento de muita gente. Espero que OnlyFans repense —acho impossível, mas vá lá —e temo que tudo vire a idiocracia do TikTok. Adultos consomem pornô. Isso é um fato. E o OnlyFans permitia que isso fosse feito mais eticamente. Marginalizar o sexo e tolher o consumo consensual é absolutamente bizarro, na minha opinião”, concluiu.

Onlyfans permite que criadores compartilhem conteúdos variados, mas ficou conhecido pela pornografia

“Compartilharemos mais detalhes nos próximos dias, apoiaremos e orientaremos ativamente nossos criadores durante essa mudança nas diretrizes de conteúdo”, afirmou a empresa.

“O OnlyFans permanece comprometido com os mais altos níveis de segurança e moderação de conteúdo em qualquer plataforma de mídia social. Todos os criadores são verificados antes de enviar qualquer conteúdo para OnlyFans, e todo o conteúdo carregado é checado por sistemas automatizados e moderadores humanos.”

Em junho deste ano, a BBC News revelou que menores de 18 anos usaram identificações falsas para abrir contas no OnlyFans. Também foram encontrados vídeos sexuais de menores de idade.

Em resposta à reportagem, a empresa disse que excluiu as contas descobertas. Em julho, o primeiro relatório mensal de transparência da companhia informou ter desativado 15 contas que exibiam conteúdo sexualmente explícito de menores.

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/geral-58277037 e https://www.uol.com.br/splash/colunas/chico-barney/2021/08/19/onlyfans-proibe-pornografia-mas-nudes-seguem-liberados.htm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Feliz aniversário, COBRA-NAGEL!!!

COBRA-NAGEL, seu dia chegou! E esse é o dia perfeito para fazer uma revisão do que se pass…