O Telegram é o aplicativo de mensagens que mais cresce no Brasil e já está em 45% dos smartphones dos brasileiros. Os números são referentes ao mês de janeiro de 2021 e reforçam uma tendência de alta na base de usuários que já vem desde 2019.

Os dados são da última edição da pesquisa “Panorama sobre mensageria móvel no Brasil”, organizada pela Mobile Time em parceria com a Opinion Box. O levantamento ouviu 2.026 brasileiros donos de smartphone entre os dias 20 e 27 de janeiro.

A série histórica, iniciada em 2018, mostra que o Telegram estava instalado em apenas 15% dos telefones, número que caiu dois pontos percentuais em 2019. Entretanto, desde então, a base de usuários só cresce desde então.

Entre 2019 e 2020 o aumento foi de 14%, quando o aplicativo saiu de 13% para 27% dos usuários de smartphones no Brasil. Este aumento não só se consolidou, como cresceu de 2020 para 2021, quando os números foram de 27% para 45%, em um aumento de 18 pontos percentuais.

WhatsApp segue líder

Apesar do crescimento do Telegram, o WhatsApp segue como o aplicativo queridinho do brasileiro para troca de mensagens. Apesar da queda de 1% entre 2020 e 2021, em janeiro deste ano o serviço de mensagens do Facebook está em 98% dos smartphones usados no Brasil.

Além disso, o WhatsApp também é mais visto por seus usuários. Entre quem tem o app no telefone, 86% usa o WhatsApp todos os dias. Já para quem usa o Telegram, aquela espiadinha no celular é frequente para apenas 22% dos clientes.

Isso demonstra que, para a maior parte dos clientes, o Telegram é uma espécie de “aplicativo B” para o envio de mensagens, enquanto o WhatsApp é o que as pessoas usam de fato para se comunicar.

Fonte: olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Magazine Luiza anuncia compra do Jovem Nerd e entra no mundo da cultura pop

O Magalu anunciou nesta quarta-feira (14) a aquisição do Jovem Nerd, uma das maiores plata…