A atualização do Telegram também entrega contorno de adesivos e possibilidade de ler mensagens com a Siri nos fones de ouvido

O Telegram anunciou nesta quarta-feira (23) uma atualização que entrega chat de voz ao vivo, algo como uma conferência entre muitas pessoas em molde semelhante ao que já faz o Discord. Além disso, usuários do Android poderão transferir arquivos salvos na memória interna para um cartão microSD.

A ideia do Telegram é simples: não é necessário criar um grupo separado para iniciar a conversa por voz. Mesmo assim, este tipo de chat ganha uma área dedicada para a função, exibida sempre no topo da interface do app e com um botão para o usuário ingressar. A partir deste momento todas as vozes dos participantes são liberadas, enquanto a conversa por texto segue como antes.

Atualmente os grupos do Telegram podem comportar até 200 mil pessoas e todas elas podem entrar no chat por voz. Podem até mesmo falar juntas – que medo dessa cena que eu fiz na minha cabeça.

Chat por voz no Telegram (Imagem: divulgação/Telegram)

Uma vez dentro da conversa, uma interface especial aparece com opções para falar, silenciar ou sair da chamada. Assim como já acontece com a reprodução de mensagens de áudio, é possível navegar por outros contatos enquanto o chat de voz continua no fundo.

Quem está no Android pode até mesmo minimizar o aplicativo e continuar com um widget de microfone para poder falar – nele também é necessário tocar e segurar para conversar. Já usuários de iPhone, iPad ou iPod Touch ficam de fora desta integração mais elevada, mas ao menos recebem uma novidade importante: agora é possível usar a Siri para ler uma mensagem em voz alta, enquanto usa um fone de ouvido.

Voltando para o chat de voz do Telegram, quando o usuário está em um grupo conversando desta maneira, tem sempre uma interface especial onde mostra a foto de perfil de quem fala, além de uma animação exibindo quão alto a pessoa está falando.

Telegram melhora adesivos e armazenamento externo

Além do chat por voz, o Telegram também adicionou dois novos recursos no update. O primeiro deles é um contorno que aparece antes mesmo de um adesivo ser carregado pela rede de dados, ou com ajuda do Wi-Fi. Mesmo com este detalhe extra, a empresa afirma que eles continuam ocupando pouco espaço, com limite de 50 kb e as animações podem ter no máximo 180 frames.

Adesivos com contorno (Imagem: divulgação/Telegram)

O segundo é exclusivo para quem utiliza o mensageiro em um smartphone ou tablet Android. A partir de agora estes usuários podem mover os dados do Telegram da memória interna para o cartão microSD, ou armazenamento externo. A ideia é fazer o app ocupar menos espaço em dispositivos com pouca memória disponível – especialmente aparelhos mais simples.

Por fim, algumas pequenas alterações incluem mais emojis animados, mais animações em todo o aplicativo do Android e um pequeno editor de fotos já enviadas que também é exclusivo para o sistema operacional móvel do Google. Com ele uma foto já recebida pelo destinatário, ou pelo grupo, poderá ser alterada para adicionar rabiscos, efeitos ou stickers.

Até é possível fazer o mesmo no iOS, mas neste caso a imagem é baixada e enviada mais uma vez – ficam duas no chat.

A versão atualizada do Telegram já está disponível para Android na Play Store e iOS na App Store.

Fonte: tecnoblog.net com informações Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Claro Box TV é oficializado e leva IPTV legítimo para usuários de banda larga

Claro Box TV tem planos de R$ 20 e R$ 80 mensais; serviço de IPTV leva canais da TV por as…