Colecionador de jogos afirma ter perdido mais de US$ 500 mil em coleção de games e consoles antigos, que foi jogada fora por sua mãe

Um homem desconhecido, empregado da loja de jogos J&L Games em Nova York, nos Estados Unidos, afirmou ter perdido mais de US$ 500 mil (mais de R$ 2,6 milhões), ao ter sua coleção de videogames jogada fora por sua mãe. O post no perfil oficial da loja de games, agora apagado, lamentava o ocorrido e falava em tom de brincadeira que iria “matar alguém”, comentário que pode ser o motivo da remoção do post. Segundo o site especializado VG247, a coleção era composta principalmente por jogos do PSOne e consoles antigos como o Atari, Colecovision e mais.

Alguns jogos antigos ainda lacrados da loja J&L Games, onde trabalha o colecionador ainda desconhecido — Foto: Reprodução/J&L Games

Segundo comentários postados na conta, a coleção que o funcionário guardava na casa dos pais incluía mais de 500 jogos do primeiro PlayStation, metade deles ainda no plástico original. Além dos games, havia um grande acervo de consoles antigos, como Atari, Colecovision, Intellivision, Famicom, Super Famicom, TurboGrafx-16, PC Engine, Neo Geo, Mega Drive, Master System, entre outros. De acordo com o colecionador, a mãe dele também jogou fora outros itens de valor, como um kit de bateria, skates e revistas em quadrinhos.

Alguns jogadores questionaram o valor de US$ 500 mil pela coleção, mas não parece uma estimativa tão absurda se houvesse alguns games clássicos ainda selados. Recentemente, uma edição selada de Super Mario Bros. 3, do Nintendo 8 Bits, quebrou recordes ao ser vendida por US$ 156 mil (em torno de R$ 815 mil), enquanto uma de Pokémon Red, do Game Boy, chegou a US$ 84 mil (por volta de R$ 438 mil).

Fonte: techtudo via VG247GamingBible e Game Rant

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Beeper promete unir WhatsApp, Telegram e mais apps em um só

Por US$ 10 mensais, Beeper se propõe a fazer uma ponte para centralizar contas de 15 aplic…