Desde 2017, o Google tem trabalhado junto com operadoras para implementar o RCS (Rich Communication Services), um sistema que facilita a troca de mensagens entre dispositivos Android pela internet, eliminando a necessidade do SMS.

Na última quinta-feira (19), o Google informou em um blog post que a plataforma está disponível globalmente e que começará a testar criptografia de ponta a ponta. Com a disponibilização deste último recurso, o WhatsApp pode ganhar um concorrente no mundo Android.

O sistema do Google está disponível em aparelhos Android por meio do app Mensagens. Porém, desde o início, não há criptografia de ponta a ponta, o que significa que um interceptador poderia ler o conteúdo trocado entre duas pessoas.

Com o início dos testes, o Google sinaliza que, além de oferecer segurança para os usuários, pode querer concorrer de forma mais séria no ramo de mensagens. A diferença é que o app Mensagens já vem em boa parte dos novos aparelhos Android, o que pode ajudar na adesão.

Além disso, o Google tem trabalhado com empresas para oferecer serviços personalizados. Então, por exemplo, uma operadora de telefonia pode enviar mensagens para seus usuários por meio de um perfil verificado no app Mensagens, evitando que clientes sejam enganados e cliquem em links maliciosos.

Um pequeno histórico

Com a popularização dos smartphones, ficou claro que as mensagens SMS estavam fadadas a serem cada vez menos usadas, pois é muito mais fácil mandar mensagem por meio de uma conexão à internet e com mais opções interativas do que mensagens simples de texto.

Uma das primeiras soluções de mensagens pela internet foi o WhatsApp com a vantagem de funcionar tanto em dispositivos Android como em aparelhos Apple, tornando o app uma das principais plataformas de mensagem do mundo. Tanto é que seu alcance fez com que o Facebook comprasse o aplicativo em 2014.

O Facebook, por sua vez, também buscou aumentar seu alcance no ramo de mensagens com o Messenger e o recurso Direct do Instagram. A companhia planeja juntar suas diferentes soluções de mensageria. No fim de setembro deste ano, o primeiro passo foi dado: mensagens do Messenger e do Instagram foram unificadas para alguns usuários. O próximo passo é incluir o WhatsApp neste processo.

Por parte da Apple, a companhia desde 2011 tem o iMessage, possibilitando a troca de mensagens entre usuários de gadgets da companhia.

Só resta saber se o Google manterá o app Mensagens só no Android ou se vai se arriscar disponibilizando uma versão para iOS.

Fonte: uol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Telegram ganha ferramenta para importar conversas do WhatsApp

Telegram libera nova ferramenta que importa conversas do WhatsApp, sejam elas de texto ou …