Depois de longa luta, plataforma afirma que o detentor dos direitos retirou os avisos

Rato Borrachudo, um dos maiores produtores de conteúdo no YouTube do Brasil, passou as últimas semanas lutando para não perder seu canal – que conta com 3,5 milhões de inscritos – por causa de avisos pelo uso de imagens com direitos autorais. Hoje, dia 5 de outubro, ele recuperou seu canal, depois de um post oficial da plataforma anunciando que o detentor das propriedades intelectuais retirou os avisos.

No momento não temos detalhes sobre como a situação foi resolvida. O youtuber retweetou a declaração do YouTube comemorando a conquista, mas ainda não trouxe mais informações sobre sua solução. O mais provável é que ele esteja preparando um novo vídeo para seu recém-recuperado canal neste exato momento.

Enquanto estava com seu canal suspenso e correndo o risco de perdê-lo permanentemente, o “Ratão” começou outro canal usando seu nome, Douglas. É interessante destacar que este novo canal, chamado “Eu Sou o Douglas“, alcançou hoje também a marca de um milhão de inscritos.

Agora é acompanhar para saber o que o criador de conteúdo planeja para o futuro de seus dois canais, já que o recente também ficou imenso. Enquanto isso, os fãs do Douglas/Rato Borrachudo já estão cobrando que ele cumpra uma promessa feita em outro momento, enquanto ainda batalhava para não perder seu canal:

Os “perrengues” do Rato Borrachudo começaram por volta do dia 22 de setembro, quando o canal foi derrubado sob a acusação de violar direitos autorais. Douglas nunca entrou em muitos detalhes sobre quem foi o responsável pela acusação, mas chegou a conversar com o Adrenaline sobre o assunto.

Segundo o youtuber, o aviso veio “do nada” e não deu margem para negociação, pedindo um valor desproporcional como indenização para retirar os avisos de direitos autorais. Douglas acredita que foi feito de forma proposital para prejudicá-lo.

Fonte: adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

As 20 melhores séries para assistir na Netflix, segundo nota do IMDb [Atualizado]

Em dúvida sobre qual série escolher para iniciar mais uma maratona na plataforma? Prepara …