A estratégia da Apple de substituir processadores Intel por seus próprios baseados na arquitetura ARM já é um assunto recorrente no mundo da tecnologia, representando uma das maiores mudanças já realizadas pela Maçã. O que quase ninguém percebeu é que a companhia também irá abandonar a AMD para oferecer suas próprias soluções gráficas.

Durante sua apresentação na WWDC 2020 em que ensinava desenvolvedores a portarem suas aplicações para os novos chips com arquitetura ARM, a gigante de Cupertino comparou sua própria GPU com as principais soluções do mercado, estando entre elas sua principal parceira, a AMD. Assim sendo, a empresa confirmou que os novos Macs com Apple Silicon perderão suporte a placas de vídeo de terceiros.

Ainda que não seja uma surpresa, a novidade chega em um momento curioso, considerando que a AMD acaba de lançar sua Radeon Pro W5500X para o Mac Pro, além de ter disponibilizado drivers Boot Camp para a Radeon Pro 5600M no MacBook Pro. As companhias são parceiras de longa data, e assim como no ramo de processadores, essa é mais uma grande aposta da Maçã.

Vale lembrar que os primeiros kits de desenvolvedores equipados com o A12Z Bionic já foram distribuídos, e os primeiros testes revelaram que o chipset é capaz de apresentar desempenho competitivo com soluções Intel de mesmo nível de consumo. Além disso, a companhia já havia citado como o A12X Bionic do iPad Pro de 2018 possuía poder de processamento similar a um Xbox One S. Com as devidas otimizações, o hardware da dona do iPhone pode de fato fazer frente à concorrência.

Fonte: tudocelular via macmagazine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Steam fica fora do ar e apresenta problemas pela segunda vez na semana

Após revogar jogos comprados na terça, loja teve apagão global nesta quarta A vida de algu…