A estratégia da Apple de substituir processadores Intel por seus próprios baseados na arquitetura ARM já é um assunto recorrente no mundo da tecnologia, representando uma das maiores mudanças já realizadas pela Maçã. O que quase ninguém percebeu é que a companhia também irá abandonar a AMD para oferecer suas próprias soluções gráficas.

Durante sua apresentação na WWDC 2020 em que ensinava desenvolvedores a portarem suas aplicações para os novos chips com arquitetura ARM, a gigante de Cupertino comparou sua própria GPU com as principais soluções do mercado, estando entre elas sua principal parceira, a AMD. Assim sendo, a empresa confirmou que os novos Macs com Apple Silicon perderão suporte a placas de vídeo de terceiros.

Ainda que não seja uma surpresa, a novidade chega em um momento curioso, considerando que a AMD acaba de lançar sua Radeon Pro W5500X para o Mac Pro, além de ter disponibilizado drivers Boot Camp para a Radeon Pro 5600M no MacBook Pro. As companhias são parceiras de longa data, e assim como no ramo de processadores, essa é mais uma grande aposta da Maçã.

Vale lembrar que os primeiros kits de desenvolvedores equipados com o A12Z Bionic já foram distribuídos, e os primeiros testes revelaram que o chipset é capaz de apresentar desempenho competitivo com soluções Intel de mesmo nível de consumo. Além disso, a companhia já havia citado como o A12X Bionic do iPad Pro de 2018 possuía poder de processamento similar a um Xbox One S. Com as devidas otimizações, o hardware da dona do iPhone pode de fato fazer frente à concorrência.

Fonte: tudocelular via macmagazine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Piloto consegue pousar avião partido ao meio em Denver, nos EUA

Um piloto conseguiu uma façanha digna de filmes de ação na última quarta-feira (12). Ainda…