Ferramenta funcionará com denuncia de outros jogadores que estão na mesma partida

A Valve anunciou na semana passada que está trabalhando em novas ferramentas para moderar jogadores abusivos de CS GO, principalmente quando um participante da partida perde os limites da conversa por voz. Com a novidade, o jogador tóxico será silenciado por padrão para próximas partidas e precisará ganhar XP para poder perder a punição.

A ideia é a seguinte: se alguém em uma partida de CS GO ficou tóxico e está atrapalhando, outros jogadores podem reportar a atitude, que quando atinge um número de acusações, pode ser enviada para o jogador abusivo como um alerta de que ele está chato. Se nada mudar e os avisos continuarem chegando, o jogador será silenciado para todos os outros participantes, entrará em outras partidas já como silenciado e precisará ganhar experiência para poder deixar de ser mutado.

Outros jogadores que quiserem, podem reativar a comunicação com o punido, mas esta será uma atitude que precisa ser feita por cada participante da partida e não afetará quem não removeu a punição do silenciado.

Para evitar que as denúncias virem contra quem não é tóxico, a Valve disse que o peso de cada denuncia vai variar e será mais alto para jogadores que jogam mais e reportam menos. Isso garante que perfis criados apenas para denunciar qualquer outro não terão quase que peso algum na hora de punir outra pessoa.

A desenvolvedora não disse quando que o novo sistema de moderação será implementado no CS GO, nem mesmo comentou quanto de XP será necessário para remover o mute.

Fonte: tecnoblog.net via Valve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Sony investe US$ 250 milhões na Epic Games, criadora do jogo Fortnite

O investimento não deve tornar exclusivos para o Playstation os lançamentos de jogos da Ep…