Aparelho inteligente da fabricante chinesa promete economizar 20% a mais na conta de luz do que os principais concorrentes

Smartmi Air Conditioner A é o novo aparelho de ar-condicionado inteligente da Xiaomi, lançado nesta terça-feira (14). Usando a Inteligência Artificial da marca, a Xiao AI, o aparelho pode ser controlado por comandos de voz ou via aplicativo de celular. A promessa da fabricante é de economizar 20% a mais no consumo elétrico quando comparado a concorrentes similares.

Revelado no mercado chinês com preços a partir de 2.299 yuans (aproximadamente R$ 1.380, em conversão direta), o Smartmi Air Conditioner A tem versões com 1 e 1,5 TR (tonelada de refrigeração) de capacidade, cerca de 12 e 18 BTU. Não há informações sobre um eventual lançamento no Brasil.

Ar-condicionado tem foco na eficiência energética — Foto: Divulgação/Xiaomi
Ar-condicionado tem foco na eficiência energética — Foto: Divulgação/Xiaomi

Segundo a Xiaomi, o Smartmi Air Conditioner A tem uma medida de eficiência anual de 4,65 APF, o que supera as exigências da legislação chinesa — e é suficiente para que o produto se encaixe nos requisitos de outros países. De acordo com o site GizmoChina, atualmente, a China exige um APF (fator de desempenho anual, em português) de 4.5 para os aparelhos. “Em termos mais simples, quanto maior o valor do APF, maior a eficiência energética de um ar-condicionado”, explica o site de tecnologia.

Com 1 e 1,5 toneladas de capacidade, o Smartmi é um produto destinado ao uso em ambientes pequenos, como uma residência, apartamento ou escritório. Em BTUs, os dois modelos entregariam algo perto de 12 e 18 mil BTUs, respectivamente. Os preços de lançamento são 2.699 yuans (cerca de R$ 1.622) para o mais potente e 2.299 yuans (em torno de R$ 1.382) para o de menor capacidade.

Smartmi Air Conditioner tem verões de 1 e 1,5 toneladas de refrigeração — Foto: Divulgação/Xiaomi
Smartmi Air Conditioner tem verões de 1 e 1,5 toneladas de refrigeração — Foto: Divulgação/Xiaomi

Por ser “smart”, o novo modelo de ar-condicionado da Xiaomi é compatível com a Inteligência Artificial Xiao AI. Por conta disso, é possível integrar o funcionamento do Smartmi a outras plataformas de casa conectada da marca, além de controlar o ar-condicionado por meio do celular.

O usuário pode, por exemplo, estabelecer rotinas pré-definidas para resfriar um ambiente no horário em que chega em casa ou interagir com o Smartmi á distância, pela Internet, seja ligando, desligando ou alterando a temperatura e as configurações do produto.

Fonte: techtudo via GizmoChinaBGR e The Times Hub.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Google afasta funcionário que disse que IA da empresa tem alma

Blake Lemoine, engenheiro de software do Google, foi afastado da gigante da tecnologia na …