A Polícia Civil, sob determinação do Ministério da Justiça e Segurança Pública, realizou na manhã desta sexta-feira (1º) uma operação de combate à pirataria digital no Brasil. O objetivo é reduzir a presença na internet de sites de download e aplicativos de streaming ilegais que funcionam no país e abastecem a rede com filmes e séries.

De acordo com a Agência Brasil, 210 sites e 100 apps foram suspensos. Os responsáveis tiveram os equipamentos apreendidos e as páginas terão perfis em redes sociais deletados e a indexação removida de páginas de busca — tudo para dificultar o acesso a esses serviços piratas. Como os servidores de vários desses serviços não ficam no Brasil, é possível que nem todos sejam tirados do ar.

A operação foi batizada de “404”, o famoso código de erro durante a navegação que indica que a página buscada não foi encontrada. Ao todo, foram realizadas trinta ações de busca e apreensão em doze estados: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo.

Operação de grande porte

Até mesmo a embaixada dos Estados Unidos no Brasil e a Agência Nacional de Cinema (Ancine) colaboraram com as investigações. Uma lista com os serviços que foram alvo da operação ainda não foi divulgada.

No caso de São Paulo, segundo o G1, os nove mandados acontecem em locais de venda de “pacotes de streaming”. E não é só na capital: a operação também envolveu cidades como Sorocaba, Marília, Botucatu e Catanduva. A pena atual no país para crimes contra a propriedade intelectual é de dois a quatro anos de prisão.

Fonte: tecmundo via G1 e agenciabrasil.ebc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Paramount mostra Design de Sonic em novo trailer, está incrível

Um novo trailer de Sonic The Hedgehog: O Filme foi lançado nesta terça-feira (12) através …