Brasil tem um poderio bélico maior que o Canadá e a Austrália. Também supera nações mais populosas, como Indonésia e Paquistão.

A revista GlobalFirepower apresenta há 14 anos um elaborado ranking de 137 países de acordo com base em seu poderio militar. 

De acordo com o levantamento de 2019, o Brasil subiu uma posição, alcançando a posição de 13ª no ranking mundial das potências militares.

As Forças Armadas do Brasil ultrapassaram o regime islâmico do Irã, permanecendo como a principal força militar da América Latina.

O estudo considera tamanho das Forças Armadas em pessoas e veículos, o orçamento para Defesa, sua infraestrutura e sua geografia. 

Pela ordem, no ranking das potências militares do GlobalFirePower, estão à frente do Brasil:

  1. Estados Unidos;
  2. Rússia;
  3. China;
  4. Índia;
  5. França;
  6. Japão;
  7. Coreia do Sul;
  8. Reino Unido;
  9. Turquia;
  10. Alemanha;
  11. Itália;
  12. Egito.

Na comparação com as demais nações latino-americanas, de acordo com os números da GFP, o Brasil tem uma ampla vantagem bélica.

Com um efetivo de 334,5 mil militares na ativa (15.º do ranking) e 1,34 milhão na reserva (7.º do ranking), as Forças Armadas do Brasil têm 1,67 milhão de pessoas que podem servir o país em uma eventual guerra, registra o jornal Gazeta do Povo.

Fonte: renovamidia via globalfirepower e globalfirepower

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Piloto consegue pousar avião partido ao meio em Denver, nos EUA

Um piloto conseguiu uma façanha digna de filmes de ação na última quarta-feira (12). Ainda…