Processador conta com clocks maiores que seu antecessor e vem para brigar no segmento de entrada com o Pentium G5400

Junto com os novos processadores Threadripper de 3ª geração e Ryzen 9 3950X, a AMD também anunciou hoje (07) o mais novo integrante da linha Athlon, o AMD Athlon 3000G, que vem para brigar fortemente no segmento de entrada com os atuais Pentium, da rival Intel.

Começando pelas especificações, o Athlon 3000G é um processador dual-core (2 núcleos/4 threads) de 35W que agora conta com a microarquitetura Zen+ Picasso, onde sua fabricação passa a ser em 12 nm, assim garantindo clocks levemente maiores, tanto na CPU, que passa a ter como clock base de 3.5 Ghz, quanto em sua GPU integrada Vega 3 e seu clock em 1100 Mhz.

A grande novidade para esse novo processador está no desbloqueio oficial por parte da AMD para realização de overclock, coisa que no seu antecessor, Athlon 200GE, era suportado de forma “não-oficial” em algumas placas-mãe. Segundo a empresa, o Athlon 3000G é o único processador com suporte ao overclock nesse segmento de entrada.

Créditos na imagem – AMD/Divulgação

A AMD diz que o novo Athlon 3000G vem para competir diretamente com o Intel Pentium G5400, onde o novo processador da AMD pode ser até 85% mais rápido que seu rival, isso em teste realizado na ferramenta de benchmarks PCMark 10 e fazendo um overclock de 3.9 Ghz na CPU.

Já em games, a empresa comparou o Athlon 3000G com o Pentium G5400 em três casos, Rocket League, Fortnite e Counter Strike: Global Offensive, ambos na resolução 720p, onde o processador da AMD com seu gráfico integrado consegue entregar quase o dobro de FPS se comparado ao seu rival.

Créditos na imagem – AMD/Divulgação

O novo Athlon 3000G chega ao mercado internacional no dia 19 de novembro custando US$ 49 (cerca de R$ 200 na conversão direta para nossa moeda), porém, sem previsão de quando esse novo modelo desembarcará no Brasil.

Fonte: adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Qualcomm ganhou! A Samsung vai desistir dos seus próprios CPUs

Qualcomm ganhou! A Samsung vai desistir dos seus próprios CPUs – A gigante Sul Corean…