Conversamos com Oscar Lopez, da Infinity Ward

Call of Duty: Modern Warfare terá “o maior salto tecnológico” da franquia, de acordo com Oscar Lopez, designer sênior do estúdio Infinity Ward. Em entrevista ao IGN Brasil durante a Brasil Game Show (BGS) 2019, o veterano da produtora conta que o estúdio percebeu que era possível “colocar mais informações na tela com visuais realistas enquanto mantém a taxa de 60 FPS (quadros por segundo)”. Ele explica que o novo motor gráfico está sendo desenvolvido há anos e que, “embora os gráficos estejam incríveis”, também estão focados em “fazer um game divertido“.

Questionado sobre como a Infinity Ward pretende oferecer um jogo interessante de uma série já conhecida que integra uma franquia anual, Lopez explica: “Sabemos dos acertos dos Modern Warfare originais. Perdemos um pouco da essência nos jogos anteriores, mas agora voltamos com o coração da série Modern Warfare. Por exemplo, reintroduzimos a exploração de mapa; os mapas pareciam arenas, mas agora parecem-se com lugares de verdade”.


O reboot “é uma reinvenção da série baseada em eventos contemporâneos. Não poderia ser uma continuação do terceiro, muito tempo se passou de lá para cá”. Por tratar-se de um reboot, questionei-o sobre a possibilidade de ver personagens que morreram na série retornando ao novo título. Lopez conta que não pode revelar essa informação, mas garante que “haverá grandes surpresas”.

Call of Duty: Modern Warfare será lançado para PS4, Xbox One e PC em 25 de outubro com crossplay entre as três plataformas. Já jogamos o modo Gunfight e você confere nossas impressões aqui. Para mais sobre o game, confira como o jogo pode mudar completamente a série.

Fonte: br.ign

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Battlefield V: Como criar um servidor (Jogos da Comunidade 2019)

Vejam como ficou a criação dos Jogos da Comunidade (Servidores Privados) já disponível no …