Exército Imperial Japonês

Com 1.000 combatentes, o grupo teve um trágico — e infeliz — final durante a Batalha da Ilha Ramree

No ano de 1942, em plena Segunda Guerra Mundial, o Exército Imperial Japonês capturou a Ilha Ramree, na costa da Birmânia. Como o local tinha importância estratégica, os Aliados lançaram um ataque em 1945 para retomá-lo e estabelecer bases aéreas.

Após uma ofensiva dramática, os britânicos expulsaram cerca de mil combatentes japoneses para um denso manguezal que cobria 16 quilômetros da Ilha. E foi lá que ocorreu um dos eventos mais bizarros da Guerra.

Inimigo inesperado

Ignorando o apelo dos britânicos por rendição, os soldados japoneses abandonaram sua base e entraram no pântano. Muitos deles sucumbiram doenças tropicais e tiveram que lidar com animais peçonhentos, assim como a falta de água potável e ameaças de fome.

Tropas britânicas desembarcando na Ilha Ramree, em janeiro de 1945 /
Crédito: Reprodução

Mas um perigo em específico foi ainda maior: os manguezais da Ilha abrigavam uma grande quantidade de crocodilos da água salgada, o maior predador réptil do mundo. Crescendo até 6 metros, esses animais podem facilmente se alimentar de seres humanos.

Uma noite, as tropas britânicas relataram ter ouvido gritos de pânico e tiros emanando da escuridão. Eles não sabiam o que causava o terror, mas estavam certos de que as tropas japonesas sofriam um ataque maligno.

Em seu livro de 1962, o naturalista Bruce Stanley Wright descreveu a cena trágica: “Aquela noite foi a mais horrível que qualquer membro das equipes de lançamento marítimo da ML já experimentou. Os crocodilos, alertados pelo barulho da guerra e pelo cheiro de sangue, reuniram-se entre os manguezais, deitados com os olhos acima da água, alertas atentos para a próxima refeição. Com o declínio da maré, os crocodilos se aproximaram dos homens mortos, feridos e sem ferimentos que ficaram atolados na lama”.

Apenas 520 dos 1.000 soldados japoneses conseguiram sobreviver no pântano, e os mais fracos e feridos foram recapturados pelos britânicos. Apesar de não ser um dos eventos mais importantes para o andamento da Guerra, a Batalha da Ilha Ramree é, certamente, uma estranha lembrança sobre as leis da natureza.

Fonte: aventurasnahistoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Internautas exploram falha em bot da Decolar

Bot da empresa de viagens está causando polêmica na rede social Twitter. Uma falha no sist…