As gírias e abreviações mais conhecidas pelos jogadores para você não se sentir perdido

A popularidade de Counter-Strike: Global Offensive é incontestável e, com sua ascensão no cenário competitivo (ainda antes de virar um e-sport propriamente dito), é normal que alguns termos e abreviações tenham se popularizado.

Juntamente com o tradicional CS:GO, o Rainbow Six Siege também ganhou bastante destaque no circuito dos eSports, trazendo alguns termos novos e agregando várias gírias que já existiam no shooter da Valve.

Aqui, portanto, vamos explicar os significados das gírias mais comuns nesse meio para que você compreenda tudo que é dito pelos jogadores mais experientes nos canais de comunicação, campeonatos e até em discussões nas internet.

  • Ace: jogada em que se mata 5 adversários em um mesmo round.
  • ADR: Sigla de Average Damage per Round, unidade que mede, em média, o quanto de dano um jogador infringe nos adversários por round.
  • AWPer (CS:GO): Como o nome diz, é o jogador que usa a sniper AWP como sua arma primária.
  • Bombsite: Local onde é possível plantar a bomba. Em cada mapa existem dois bombsites, que devem ser protegidos pelos Contra-terroristas no CS:GO. No R6, essa função é do time de Defesa.
  • Boost ou “pézinho” (CS:GO): Agachar para que um jogador suba em suas costas, fornecendo acesso e visão privilegiada a alguns pontos do mapa.
  • Buffar: Fortalecer um operador no R6. Dizer que um dos personagens foi “buffado” significa que ele ganhou um upgrade dentro do jogo. No CS:GO, o termo é mais usado para armas que são melhoradas.
  • Clutch: situação em que o último jogador de um time ganha o round.
  • Contra-terroristas, ou CT (CS:GO): O segundo papel a ser assumido. Os contra-terroristas podem vencer um round ao eliminar todos os terroristas, desativar a bomba já plantada, ou quando o tempo do round se esgota.
  • Dronar (R6): Utilizar o drone para fazer o reconhecimento de um local, detectar possíveis armadilhas e localização dos inimigos.
  • Eco (CS:GO): Round em que um time opta por comprar poucos ou nenhum equipamento, visando economizar dinheiro para ter armamento completo na rodada seguinte.
  • Entry Fragger: Responsável por ser o primeiro a entrar no bombsite, conquistando eliminações e, principalmente, informações sobre o posicionamento dos adversários.
  • Flashbang: Granada de luz, utilizada para cegar inimigos. Também pode ser chamada apenas de flash ou bang.
  • Forçado: Mesmo com a economia mediana, um time pode decidir por comprar armamentos intermediários ou incompletos. Normalmente, acontece quando é extremamente necessário garantir a vitória naquele round.
  • Gadget (R6): Dispositivo único de cada operador, que fornece algum benefício exclusivo. Ex: O gadget do Echo é o Yokai, um drone que pode disparar rajadas ultrassônicas e desorientar adversários.
  • HE: Granada explosiva, conhecida em outros jogos como Frag. A sigla vem de High Explosive.
  • HS ou “mel na chupeta”: Tiro que atinge a cabeça do adversário, o famoso headshot.
  • In Game Leader (IGL): O capitão do time, responsável por chamar as jogadas e comandar as ações dos companheiros.
  • Lurker: Jogador responsável por se separar do próprio time, e pegar inimigos desprevenidos enquanto seus companheiros chamam atenção em outro ponto do mapa.
  • Mapa: Além de ser o ambiente das partidas, “um mapa” também pode ser traduzido como um jogo completo. Por exemplo, determinado time ganhou uma melhor de três por dois mapas a um.
  • Miado: Quando você está com vida baixa durante uma rodada.
  • Molotov: Granada incendiária, usada para forçar inimigos a mudarem de posição e se expôr ao adversário.
  • Nerfar: Tornar um operador mais fraco.
  • Ninja defuse (CS:GO): desativar uma bomba sem ser percebido ou sequer matar alguém do time inimigo.
  • Patente ou Rank: equivalente ao Elo de League of Legends, é o sistema usado para ranquear o nível de habilidade de um jogador.
  • Pinar:  Usado quando um jogador comete erros de mira e protagoniza um momento embaraçoso dentro da disputa.
  • Pré-fire: Atirar em um local mesmo sem saber se há um jogador ali, garantindo uma eliminação mais rápida.
  • Round: Com duração de 1:55, os rounds são onde ocorrem a disputa entre TR e CT. Há um máximo de 30 rounds em cada mapa, e o time que atingir 16 vitórias primeiro vence a partida. Em caso de empate, há a possibilidade de prorrogação, dependendo do torneio.
  • Rush: jogar agressivamente e rápido ao invés de tentar surpreender os adversários na surdina com alguma estratégia.
  • Skin: Customização para armas, deixando-as mais coloridas e diferenciadas.
  • Smoke: Granada de fumaça, usada para impossibilitar a visão dos adversários em determinadas áreas, ou para apagar molotovs.
  • Smurf: quando um jogador de rank alto faz outra conta para jogar com pessoas de rank mais baixo e assim, ganhar mais facilmente.
  • Spray: Padrão de tiros de uma arma. Uma AK-47, por exemplo, possui um “coice” padronizado ao dar vários tiros em sequência. Pessoas com mais habilidade conseguem compensar o coice com mouse.
  • Spotar (R6): Marcar algum adversário com a câmera, drone ou outro objeto “de vigilância” disponível. Quando acontece, o oponente recebe um aviso de que foi “spotado”.
  • Sticker (CS:GO): Adesivos que podem ser colados em armas, feitos tanto com nomes de jogadores quanto com imagens aprovadas pela Valve.
  • Strafe: Movimentação lateral rápida, feita com a intenção de conseguir informação sem ser atingido por tiros.
  • Suporte: Jogador responsável por lançar a maioria das granadas e também por conquistar informação. Normalmente, é um dos que menos consegue eliminações ao final de um jogo.
  • Terroristas, ou TR (CS:GO): Um dos dois papéis possíveis no CS:GO. A equipe terrorista é responsável por ativar a bomba em um dos bombsites, ganhando o round quando ela explodir ou ao eliminar todos os adversários. No Rainbow Six, a função análoga é dos Atacantes, que precisam desativar a bomba defendida pelos adversários.
  • Tk: abreviação de “teamkill” que significa matar alguém do mesmo time.
  • VAC (CS:GO): Abreviação de Valve Anti-Cheat, sistema que detecta trapaceiros.
  • Varado: Tiro que atravessa uma parede ou algum objeto do mapa, e ainda assim atinge o adversário.

Fonte: theenemy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Cartas do Fronte: Competitivo do Battlefield V é cancelado e informações do futuro do jogo

O produtor sênior da DICE, Ryan Mcarthur, aproveitou para falar sobre os acontecimentos e …