A peça foi comprada em um brechó de Edimburgo (Escócia) em 1964 por um antiquário por 5 libras (cerca de R$ 24), sem ter qualquer noção do que se tratava. Várias décadas depois, ela foi arrematada por 735 mil libras (aproximadamente R$ 3,6 milhões) em leilão realizado pela casa Sotheby’s, em Londres (Inglaterra). O leilão foi encerrado na tarde desta terça-feira.

Mas o que há de especial nesse artigo leiloado? Trata-se de uma peça de xadrez, feita de marfim de morsa, pertencente a uma coleção conhecida como The Lewis Chessmen, que, de acordo com o relato oficial, foi achada enterrada em uma duna na Ilha de Lewis em 1831. Algumas peças acabaram se perdendo.

As peças de xadrez fazem parte de um dos principais capítulos da Escandinávia mística. Foi inspiração para desenho animado famoso no Reino Unido nos anos 1960, para “Harry Potter e a Pedra Filosofal” e para mangás japoneses.

Peça de xadrez da coleção The Lewis Chessmen
Peça de xadrez da coleção The Lewis Chessmen Foto: Divulgação/Sotheby’s
Peça de xadrez da coleção The Lewis Chessmen
Peça de xadrez da coleção The Lewis Chessmen Foto: Divulgação/Sotheby’s

As peças do Lewis Chessmen foram criadas no século XII, provavelmente na Noruega. Vinto e oito delas estão expostas no British Museum, em Londres. O paradeiro de outras cinco ainda é desconhecido.

Fonte: page-not-found

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Designer coloriza fotos da escravidão — E o resultado é impressionante!

Hoje, dia 20 de novembro, como você sabe, é celebrado aqui no Brasil o Dia da Consciência …