Em uma entrevista com a Giant Bomb hoje a noite, Phil Spencer respondeu algumas apresentações do apresentador Jeff, a respeito de sentir falta da Sony e Activision na E3, a felicidade de trabalhar com a Sega no Japão, entre outras coisas. Além de tudo ele revelou mais alguns detalhes do Projeto Scarlett, alguns interessantes.

De acordo com Phil Spencer, originalmente a Microsoft acreditava que os 4k e 6 teraflops eram de extrema importância para o Xbox, mas apenas quando começaram a desenvolver o Scarlett que o foco mudou

Com o Scarlett criamos uma sincrônica com a GPU e CPU que permitirá fazer coisas nunca antes vistas, disse Phil Spencer.

Phil Spencer também apontou no conceito de retrocompatibilidade com o Scarlett, ele deseja que seja possível comprar um jogo para o Xbox e jogar posteriormente no Scarlett com o mesmo caso você resolva fazer o upgrade, com todos os benéficos sem precisar comprar outra copia.

Nem que ser temos uma lista de nomes para o Scarlett, por isso demos a ele um codinome, disse Spencer quando perguntando sobre o nome do console.

O Scarlett será lançado em Dezembro de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Ministro Paulo Guedes pode zerar imposto sobre videogames importados

O ministro da Economia Paulo Guedes poderá dar um aval para a Camex (Câmara de Comércio Ex…