Walmart concorre com Amazon Key, no qual entregador deixe encomenda ao destrancar porta-malas do carro ou porta da casa

A Amazon lançou um serviço há alguns anos chamado Amazon Key, permitindo que o entregador deixe uma encomenda ao destrancar o porta-malas do carro ou a porta da casa. O Walmart, seu principal concorrente nos EUA, promete ir além: o InHome Delivery vai levar as compras de supermercado direto para a geladeira, graças a um funcionário monitorado por uma câmera vestível.

A Amazon lançou um serviço há alguns anos chamado Amazon Key, permitindo que o entregador deixe uma encomenda ao destrancar o porta-malas do carro ou a porta da casa. O Walmart, seu principal concorrente nos EUA, promete ir além: o InHome Delivery vai levar as compras de supermercado direto para a geladeira, graças a um funcionário monitorado por uma câmera vestível.

Funciona assim: o cliente faz o pedido online dos seus mantimentos, seleciona o InHome Delivery e escolhe um dia específico para a entrega. Então, um funcionário do Walmart vai reunir os itens comprados, levá-los até a casa e organizá-los na geladeira. Os preços serão os mesmos da loja local.

Será possível escolher por onde o funcionário vai entrar — se pela porta da frente ou pela garagem — e o dispositivo inteligente para que ele tenha acesso. O cliente precisará de uma fechadura eletrônica que possa ser aberta via Bluetooth, por exemplo.

Funcionários serão treinados e usarão câmera, diz Walmart

Para maior segurança, o funcionário estará equipado com uma câmera vestível. Dessa forma, o cliente poderá ver uma transmissão ao vivo do processo de entrega através do aplicativo do Walmart.

A empresa promete que “seus mantimentos serão entregues por um associado treinado e avaliado do Walmart, que esteja em uma loja local há pelo menos um ano”. Os funcionários serão treinados “para entrar nas residências dos clientes com o mesmo cuidado e respeito com que tratariam a casa de um amigo ou parente”, além de organizar os itens de maneira mais eficiente na geladeira.

O InHome Delivery pode ser útil mesmo para quem não quer um estranho mexendo na geladeira: ele aceita devoluções de itens comprados no site do Walmart. O cliente deixa o produto no balcão e o funcionário entra para pegá-lo, mesmo sem ninguém em casa.

Este é um serviço que faz mais sentido nos EUA, onde muitos moram em casas — em vez de prédios com portaria — e onde existe um grau de confiança mais alto entre as pessoas. O InHome Delivery chegará no quarto trimestre para mais de 1 milhão de clientes em três cidades: Kansas City, Pittsburgh e Vero Beach (Flórida). Os preços dessa modalidade de entrega serão revelados próximo ao lançamento.

Funcionários do Walmart usarão uma câmera vestível durante a entrega:

Cliente pode acompanhar transmissão ao vivo da entrega através do celular:

Fonte: tecnoblog.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

6 empresas de tecnologia que perdem rios de dinheiro e continuam um sucesso

Na cultura do Vale do Silício, o lucro significa pouco para definir se uma empresa é bem-s…