Ser youtuber é o sonho de muitos millennials que praticamente vivem em função da internet. São milhares e milhares de canais na plataforma de vídeos da Google que tratam dos mais diversos assuntos de maneiras totalmente diferentes, mas todos em busca da fama, de inúmeros seguidores e, claro, de um bom dinheiro a cada conteúdo que produzem.

A persistência do vovô em diversos vídeos foi um sucesso na internet, rendendo ao youtuber mais de 1,7 milhão de seguidores

Nilson Izaias Papinho

Porém, contrariando as tendências da internet, o novo queridinho do YouTube é um senhor de 71 anos chamado Nilson Izaias, também conhecido como Papinho. Com uma simplicidade e um carisma irresistíveis, o vovô criou seu canal no YouTube no último dia 7 de dezembro e passou a postar vídeos que mostravam as frutas de seu quintal, os passarinhos que o visitam diariamente e seu cotidiano no sítio onde mora.

Porém, o que fez o canal do seu Nilson estourar foram os vídeos onde ele tenta fazer um slime, aquela geleca viscosa e grudenta com a qual a garotada adora brincar, geralmente vendida com o nome de amoeba, e cuja fabricação é bastante popular entre canais de jovens no YouTube.

 

Viralizou!

A persistência do vovô em diversos vídeos – alguns bem-sucedidos na produção do slime, outros nem tanto – foi um sucesso na internet, rendendo ao youtuber mais de 1,7 milhão de seguidores e um total de mais de 10 milhões de visualizações em apenas 3 meses de canal e só 26 vídeos publicados.

Seu canal bateu o lançamento de um novo clipe de Anitta e MC Kevinho

Não é pouco: o vídeo mais recente do canal de Nilson Izaias no momento desta publicação está em segundo lugar entre os títulos em alta do YouTube. Nele, o vovô fala um pouco mais de si mesmo e agradece pelo carinho e pelos seguidores em seu canal. Seu canal, inclusive, bateu o lançamento de um novo clipe de Anitta e MC Kevinho, artistas que tentam emplacar o hit do Carnaval 2019 e bombam na plataforma.

 

Vida pessoal

Nilson Izaias, hoje aposentado, vive na cidade de Juquiá, no interior de São Paulo, com sua esposa e seu filho. Trabalhou durante 28 anos em uma escola, como zelador e porteiro, onde vivia cercado de crianças. Ao se aposentar, sentiu-se sozinho e resolveu criar o canal para se ocupar e, segundo ele mesmo, “fazer amigos e trocar ideias”.

Muitas pessoas que comentam em seus vídeos tentam auxiliar o vovô youtuber a permitir a monetização de seu canal

Seu Nilson não tem nenhuma produção sofisticada para seus vídeos, ao contrário de canais famosos, como o Porta dos Fundos e Felipe Neto – para quem, inclusive, o vovô até já mandou um abraço em um de seus vídeos. O vovô usa apenas o seu simples celular e solta o conteúdo no YouTube praticamente sem nenhum tipo de edição. Whindersson Nunes, outro monstro da plataforma de vídeos, acabou dando uma forcinha para o Papinho ao divulgar em suas redes o canal do vovô youtuber.

E cadê o dinheiro?

O sucesso trouxe uma quantidade imensa de seguidores e visualizações para Nilson Izaias – o sonho de todos os youtubers em ascensão. Seu canal chegou a receber, mais recentemente, a quantidade absurda de 10 mil inscritos por minuto. Só no último domingo (3), foram 700 mil novos seguidores.

Agora, chegou a hora de ganhar dinheiro – e merecidamente! – com esses vídeos. Muitas pessoas que comentam tentam auxiliar o vovô youtuber a permitir a monetização de seu canal para que ele passe a receber pelas visualizações de suas produções. Estima-se, pelos números apresentados pelo canal, que seu Nilson possa ganhar até US$ 10 mil, cerca de R$ 36,7 mil, por cada um de seus vídeos que viralizarem como vem acontecendo.

Polêmica

Como tudo que viraliza na internet, não demorou muito para algumas polêmicas surgirem em torno do sucesso do vovô youtuber Nilson Izaias. O que pode estar acontecendo, segundo algumas acusações na internet, é um fenômeno que é conhecido como “milkshake duck”, ou, em português, “pato do milk-shake”.

Esse fenômeno – que por si só também pode ser considerado um meme da internet – diz respeito a pessoas que se tornam famosas na rede, geralmente por terem viralizado com algum conteúdo de conotação positiva, mas que na vida real possuem alguma falha de caráter condenável e bem negativa.

Um thread do Twitter mostra prints do Facebook onde uma pessoa não identificada diz que na escola onde o idoso trabalhava era necessário vigiá-lo quando perto das crianças

Um bom exemplo disso é o caso da Chewbacca Mom, uma mulher que viralizou em um vídeo onde usa uma máscara do personagem peludo de Star Wars e ri de sua própria voz alterada. Adorada por toda a internet, a mulher voltou a ser destaque ao fazer declarações consideradas racistas por parte da sociedade.

O nome “milkshake duck” vem de uma postagem feita por um cartunista australiano contando uma “piada”: “a internet ama o pato do milk-shake, um pato fofinho que sabe beber milk-shake. Cinco minutos depois – lamentamos informar, mas o pato é racista”.

Seria Nilson Izaias um pato do milk-shake?

Voltando ao mais novo youtuber do Brasil, Nilson Izaias tem sido acusado em algumas redes sociais de crimes graves, como pedofilia. Um thread do Twitter mostra prints do Facebook onde uma pessoa não identificada diz que na escola onde o idoso trabalhava era necessário vigiá-lo quando perto das crianças e que já haviam flagrado Nilson com pornografia infantil em seu celular, mas a escola havia abafado o caso.

Em outros prints, uma suposta sobrinha de Nilson teria confirmado que tudo isso seria verdade, mas que tudo tinha acontecido há muito tempo e que hoje Nilson seria outra pessoa. Uma publicação diferente, também no Twitter, mostraria que o youtuber só curte e comenta vídeos de crianças em trajes de banho. São acusações sérias, de crimes pesados, que necessitariam de provas e um embasamento muito concreto.

Já outros usuários do Twitter criaram uma sequência para defender Nilson Izaias das acusações, mostrando que o perfil da mulher que se passa como sobrinha do idoso seria falso e o print que faz as acusações teria sido criado artificialmente, inclusive usando uma fonte diferente da que é encontrada no Facebook. Os likes e comentários nos vídeos de crianças seriam apenas agradecimentos por terem seguido seu canal, além de outros pontos que descreditariam as acusações.

 

Para evitar conclusões equivocadas e injustas, é recomendável aguardar todas as informações serem apuradas e não dar atenção para boatos de redes sociais.
Fonte: megacurioso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

FELIZ ANIVERSÁRIO, COBRA-DJPASSOCA!

DJ-Passoca! Parabéns pelo seu dia! Muita saúde, paz, amigos e BF! Tudo de bom nesse dia es…