Sabe o aguardado carro elétrico que dirige sozinho projetado pela Apple? Ele está mais para uma van.

Pelo menos é o que diz a revista alemã “Manager Magazin”, que cita várias fontes não identificadas envolvidas no projeto do microônibus autônomo e protótipos pintados em preto e prata, muito parecidos com o estilo dos iPhones, que foram vistos.

Segundo o texto, os engenheiros da sede da Apple em Cupertino, na Califórnia, trabalham agora no interior do Apple Car (ou seria iCar?), que conta com assentos especiais, baterias e motores elétricos próprios.

A Apple, que mantém segredo absoluto sobre o projeto, não comentou. Recentemente, houve rumores de que ela teria abandonado os planos de ter seu próprio veículo para focar o desenvolvimento de softwares para a condução autônoma.

De qualquer forma, a reportagem diz que é improvável que um veículo da Apple ou mesmo um software possa ser lançado antes de 2023.

Faz cinco anos que a companhia do Vale do Silício embarcou no chamado projeto “Titan”. Foi quando recrutou dezenas de funcionários de alto escalão em empresas automobilísticas e envolveu mais de mil funcionários no desenvolvimento do carro robótico, que deveria ser lançado em 2019.

Dois anos depois, o grupo foi desfeito e dezenas de funcionários foram demitidos. O sonho do Apple Car parecia acabado. Até que no meio do ano passado o engenheiro-chefe de veículos da Tesla, Doug Field, e um dos principais designer da empresa de Elon Musk, Andrew Kim, mudaram para a Apple. A Apple contratou também uma engenheira sênior da Waymo, empresa de direção autônoma da controladora do Google, a Alphabet.

A Apple também já obteve licenças para testar veículos autônomos na Califórnia e publicou pesquisa sobre como carros sem motoristas poderiam melhorar a detecção de pedestres e ciclistas.

O que a Apple confirma é que está empenhada em lançar o software de navegação e sensores inteligentes para serem usados em veículos de outras empresas. Isso inclusive já é testado numa frota de SUV Lexus com direção autônoma.

Recentemente, vazou um relatório de segurança entregue à Administração Nacional de Segurança no Trânsito nas Estradas dos EUA (NHTSA) pela companhia sobre o sistema.

“Estamos investindo pesado no estudo de aprendizado de máquina e automação, e estamos entusiasmados com o potencial dos sistemas automatizados em muitas áreas, incluindo o transporte”, diz o texto.

Segundo o analista especializado na Apple Ming-Chi Kuo afirmou em carta a investidores, a Apple ganhará seu próximo trilhão de dólares ao apostar no Apple Car e em um fone de realidade aumentada. Ele também projeta o lançamento para entre 2023 e 2025. O produto, segundo ele, terá potencial para revolucionar o mercado automobilístico tanto quanto o iPhone fez no mercado de smartphones em 2007.

A Apple, diz Kuo, pode fazer a “melhor integração de hardware, software e serviços” do que os atuais concorrentes no setor de eletrônicos de consumo e nos potenciais concorrentes do setor automotivo.

Fonte: noticias.uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…