Xiaomi finalmente está voltando ao Brasil. A empresa, que deixou o país tendo lançado apenas duas versões do Redmi 2, terá dois aparelhos distribuídos de forma oficial graças a uma parceria com a DL Eletrônicos, como confirmou ao Olhar Digital a empresa brasileira.

Mas o que podemos esperar dos aparelhos? Os modelos engatilhados para chegar ao Brasil são o Pocophone F1 e o Redmi Note 6 Pro, que são dois aparelhos bem diferentes e que miram públicos distintos.

Confira abaixo o que esperar de cada um deles:

Pocophone F1

O Pocophone F1 foi o primeiro celular de uma submarca da Xiaomi. Ele conta com especificações técnicas acima da média a um preço consideravelmente abaixo dos rivais – lá fora, ele custa o equivalente a 300 dólares.

Confira a ficha técnica dele abaixo:

  • Tela IPS LCD de 6,18 polegadas, Full-HD+ (2246 × 1080);
  • Processador Snapdragon 845 de 2,8 GHz;
  • 6 ou 8 GB de memória RAM;
  • 64, 128 ou 256 GB de armazenamento, expansível até 256 GB com microSD;
  • Bateria de 4.000 mAh;
  • Câmera traseira dupla (12 MP, f/1.9 + 5 MP, f/2.0);
  • Câmera frontal (20 MP, f/2.0)
  • Android 9 Pie (MIUI 10)

-> Saiba mais sobre o Pocophone X1

Redmi Note 6 Pro

Anunciado em setembro, o Redmi Note 6 Pro se destaca por seu hardware de respeito, tela de 6,26 polegadas, e um total de quatro câmras – duas frontais e duas traseiras. Lá fora, ele custa o equivalente a US$ 215.

  • Tela IPS LCD de 6,26 polegadas, Full-HD+ (2280 × 1080);
  • Processador Snapdragon 636 de 1,8 GHz;
  • 3, 4 ou 6 GB de memória RAM;
  • 32 ou 64GB de armazenamento, expansível até 256 GB com microSD;
  • Bateria de 4.000 mAh;
  • Câmera traseira dupla (12 MP, f/1.9 + 5 MP, f/2.2);
  • Câmera frontal dupla (20 MP, f/2.0 + 2 MP, f/2.2)
  • Android 9 Pie (MIUI 10)

-> Saiba mais sobre o Redmi Note 6 Pro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Ônibus e caminhões autônomos da Volvo funcionarão com tecnologia da NVIDIA

A Volvo quer alcançar seus concorrentes e colocar os automóveis autônomos o quanto antes n…