Algumas das coisas presentes nas notas da atualização de Overture já haviam sido modificadas, como as melhorias nas Submetralhadoras, as Moedas da Companhia e os problemas ao desbloquear armas.

Além dos ajustes, temos uma nova história para a Campanha do jogo, um novo mapa multiplayer e o Campo de Treinando, onde você pode testar as armas e veículos do jogo.

lista completa de mudanças possui 15 páginas e está toda em inglês, por isso separamos abaixo apenas as mudanças mais importantes e interessantes. Caso preferir, nosso parceiro Hinachi também fez um vídeo e separou as suas principais mudanças, você pode conferir clicando aqui.

Confira:

O Último Tiger (The Last Tiger)

Uma nova História de Guerra para um jogador será adicionada ao Battlefield 5 com a atualização. Este é O Último Tiger.

Região do Reno-Ruhr, primavera de 1945. O imenso Décimo Segundo Exército americano pressiona as fronteiras da Alemanha. As linhas alemãs estão destroçadas; unidades estão desmoralizadas, separadas e têm poucos suprimentos. Neste cenário, você se unirá à equipe alemã do Tiger número 237, “Stefan”, que opera um tanque praticamente indestrutível em uma batalha impossível nas fronteiras da pátria. Como nas nossas outras Histórias de Guerra, esta aqui é apresentada na língua materna da equipe: o alemão.

Novo mapa multiplayer: Panzerstorm

Participe da primeira grande batalha de tanques da guerra, maior do que todas as anteriores. Nos primeiros dias da Batalha da Bélgica, os blindados do Eixo avançaram à frente das forças de infantaria em direção a Hannut, enfrentando tanques Aliados nas colinas e terras agrícolas do interior da Bélgica.

Agora, esqueletos de tanques cobrem a outrora bela paisagem, enquanto a segunda etapa começa. Marcada e chamuscada, a paisagem conta uma história horrível de uma batalha que está longe de terminar. Atravesse trincheiras lamacentas e rios rasos para fortalecer posições-chave. Utilize as Estações de Reabastecimento construídas em torno da cabana no bosque e obtenha uma vantagem ao tomar as fazendas em terreno elevado.

Defenda seu território e se prepare para os incansáveis ataques dos blindados para sobreviver.

Propósito do mapa Panzerstorm

A nossa mais recente experiência se concentra na fantasia da equipe de tanque, oferecendo uma jogabilidade centrada em veículos com papéis de apoio da infantaria ligeira. A estratégia e a comunicação são fundamentais entre os companheiros de pelotão, a fim de criar a melhor equipe de tanques. Fortificações, reparos e estações de reabastecimento espalhadas pelo mapa também se tornam cruciais para a sobrevivência do seu veículo.

Atravesse um mapa enorme de Battlefield com uma força blindada massiva, deixando um rastro de destruição campo adentro.

Campo de Treinamento

No Campo de Treinamento, você poderá se familiarizar com os vários veículos e armas que Battlefield V tem a oferecer, nele, você poderá:

  • Explorar as armas da classe básica oferecidas e encontrar suas favoritas, além de aprender seus padrões de dispersão enquanto você pratica pontaria, movimentos rápidos e precisão ao girar.
  • Praticar pilotagem com um caça ou um bombardeiro e eliminar aviões inimigos ou alvos de bombas.

Principais correções de problemas e mudanças

  • Diversas melhorias de estabilidade e desempenho ao executar o jogo com o traçado de raios em tempo real para DXR ativado (apenas para PC). Isso inclui a melhoria do desempenho do traçado em relação à folhagem/vegetação e, onde for apropriado, o uso de dados do buffer de quadros para melhorar a qualidade do traçado de raios.
  • Corrigido um erro em que as armas ficavam bloqueadas mesmo que o jogador tivesse atingido o nível necessário para obtê-las.
  • Melhorias para o problema envolvendo telas de carregamento infinitas. Isso deve ser drasticamente reduzido com esta atualização.
  • Corrigido um problema em que as animações da torreta de tiro do passageiro do veículo não ficavam alinhadas com o ponto onde o jogador estava mirando.
  • Os jogadores não ficam mais travados momentaneamente ao visualizarem designações no jogo.
  • Ajustes na mecânica da recuperação fácil da Conquista. Agora, a recuperação será ativada apenas quando a equipe perdedora estiver muito atrás, em vez de em rodadas muito apertadas. Achamos que isso tornará as partidas mais justas no geral, ao mesmo tempo que torna as partidas um pouco mais empolgantes se a diferença de habilidades entre as equipes for muito grande.
  • Ajuste na quantidade de munição dada a metralhadoras dianteiras e canhões de avião. Com um rápido reabastecimento, sentimos que podemos reduzir a munição em cada arma, de modo que o atrito se torna um fator durante um longo período de voo. Isso também nos permite usar a carga de munição como uma mecânica de balanceamento para algumas armas, como as metralhadoras leves 8x no Spitfire ou as balas de canhão explosivas no BF109.
  • O zoom de avião em 1ªP agora dará zoom de 2,5x, permitindo um reconhecimento superior do campo de batalha e que se alveje alvos de longo alcance ou pequenos. Isso deve ajudar os aviões, como os caças, a ficarem mais conectados ao combate terrestre.
  • A redução no dano que as partes de avião recebem das metralhadoras leves e uma melhoria na condição do motor dos aviões significam que os combates aéreos não devem mais ser determinados por uma desativação quase garantida de partes. Os jogadores terão que focar os disparos em partes para desativá-las, ou precisarão equipar armas de fogo com um calibre maior, mas com uma cadência de tiro menor para causar dano efetivo às partes. Isso deve aprofundar a experiência nos combates aéreos e na personalização do avião.
  • Ajuste nos canhões de 37 mm do Stuka para que sejam mais eficazes nos disparos diretos contra veículos e menos eficazes nos danos em área contra infantaria. Isso os deixa mais adequados em relação ao seu intuito original. Além disso, a demora na queda de bombas que eram exclusivas do Stuka foi reduzida de 0,3 s para 0,1 s (há um braço neste bombardeiro que desce para derrubar a bomba; nós o aceleramos). Isso deve deixar o bombardeio do Stuka mais preciso.
  • A especialização Metralhadora x8 no Spitfire tem um novo comportamento de superaquecimento. Estas armas proporcionam grandes danos de explosão, mas começam a superaquecer rapidamente, com a sua cadência de tiro caindo substancialmente ao fazerem disparos múltiplos.
  • Reequilíbrio do Minengeschoss do BF109 para que cumpra sua finalidade. A arma agora funciona de forma semelhante a um único canhão padrão contra os combatentes, mas passou por redução de danos contra os bombardeiros. Ela continua causando um dano de área efetivo contra a infantaria, embora com uma taxa de dano menor que a anterior. Combinado com o aumento do zoom de 1ªP, os BF109s desta rodada devem ser capazes de fazer passes de ataque direcionados em alvos únicos, mas não podem mais varrer uma área de alvos múltiplos.
  • Os tanques antiaéreos ficavam vulneráveis demais ao enfrentarem infantaria, tornando-os veículos pouco atraentes quando não haviam aeronaves em ação. Reduzimos o dano que a torreta dos tanques antiaéreos sofre para deixá-los mais adequados aos disparos laterais e torná-los mais resistentes. O dano causado por eles contra a infantaria também foi ligeiramente aumentado.
  • Ajuste no bombardeiro JU-88 para que carregue apenas uma bomba de uma tonelada e reduzimos sua cadência de tiro ao lançar as bombas de 50 kg x16. Isso garante que as bombas tenham uma dispersão maior ao atingirem o solo.
  • Mudança no modelo de dano do Stuka para que fique mais próximo ao dos bombardeiros, a fim de melhorar sua finalidade de ataque ao solo.
  • Os jogadores que ocupam posições de artilheiro superior em veículos terrestres já podem se agachar e ficar razoavelmente protegidos de tiros recebidos. Enquanto se agacham, os artilheiros ainda conseguem “disparar cegamente” a metralhadora.
  • O ressurgimento automático quando uma rodada começa será desativado em todos os modos de jogo (exceto pelo Último Esforço). Essa mudança foi feita para não forçar o ressurgimento dos jogadores que ficavam temporariamente “distantes do teclado” durante a transição de rodadas e que não estavam de volta em seus lugares no início.
  • O ícone acima dos portadores de bombas em Invasão Aérea e Linhas de Frente não estará mais visível. Decidimos isso com base no feedback da comunidade. Observe que o ícone ainda estará visível por um breve momento na captura, como é mencionado pelo áudio.
  • Agora, os Panzerfausts são projetados para simplesmente serem causadores danos a distância contra tanques, e foram ajustados para causar menos dano de fragmentação. O modelo de dano anterior dependia muito do ângulo de ataque, o que atuava contra a infantaria, já que esta raramente pode escolher seu ângulo de ataque contra tanques. Acertos fracos poderiam punir severamente o atirador com apenas cinco de dano por acerto. O novo modelo reduziu o máximo de dano que o projétil pode causar, especialmente contra a parte traseira dos tanques; no entanto, ele agora garante um dano muito mais intenso para acertos fracos, em torno de 2x a 3x a mais de dano. Por exemplo, o acerto fraco anterior, que dava apenas 5 de dano, agora causará 15 de dano. Além disso, os Panzerfausts agora são extremamente potentes contra as partes do tanque, o que significa que eles desativarão mais facilmente as torretas, as lagartas e os motores, e darão à infantaria agressora um impulso na luta contra o veículo. Observe que um acerto não garante a desativação de uma parte.
  • O dano angular agora fica mais claro para os jogadores, com os marcadores de acerto de um acerto crítico (tiro na cabeça) sendo exibidos sempre que um jogador realiza um acerto em um ângulo ideal ou em uma parte fraca, como uma torreta.
  • Aumento no dano por acerto direto de armas AT montadas fixas e de semilagarta. Ficar exposto nessas armas é uma grande desvantagem, e uma quantidade maior de dano contra tanques é necessária para equilibrar entre risco e recompensa.
  • As metralhadoras leves e as armas de soldados realizavam mais dano aos aviões do que o pretendido. Reduzimos o dano das armas de soldado contra os aviões, de modo que são uma ameaça para estes, mas não seus destruidores.
  • A primeira versão da personalização de veículos está sendo lançada para todos os jogadores, com texturas para tanques, além de texturas e decoração para aviões. E tem muito mais por vir!
  • Reelaboração do Panzerfaust para que ele seja menos eficaz em disparos na parte traseira dos veículos. Agora, o ângulo da blindagem dos veículos tem menos importância, e o Panzerfaust agora causa uma quantidade de dano mais consistente aos veículos. Os Panzerfausts também causam mais dano sistêmico às partes, permitindo que eles sejam usados de forma mais tática, eliminando motores, lagartas, torretas, etc.

Siga Battlefield Brasil no Twitter Instagram, curta a gente no Facebook e inscreva-se no nosso canal no YouTube. Participe da comunidade BFBR também em nosso Discord e debata com a gente.

Fonte: battlefieldbr

Um comentário

  1. […] Notas da Atualização de Battlefield V – Tides of War: Capítulo 1 – Overture […]

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

CS:GO ganha modo Battle Royale e fica gratuito na Steam

Apelidado de Danger Zone, modo foi lançado nesta quinta-feira (06) A Valve  anunciou nesta…