Quando nascemos
Ela nos ampara
Quando choramos
Ela nos afaga
Depois crescemos
E quando erramos
Ela dá a cara,
E nosso erro paga.
Quando casamos
Ela se preocupa

Com nossa roupa
E quando falhamos
Ela até se culpa.
Somos o seu menino
Sempre até morrer,
É nosso anjo da guarda
Zelando com carinho
Pelo nosso caminho
Para não nos ver sofrer.
Quando temos fome

Ela até rouba
Ou deixa de comer,
Por nós tudo poupa
Deixa até de viver,
Quando adoecemos
Ela sente dores
E vive angustiada
Quando sofremos
De mal de amores.
É nossa mãe amada.

SEM VOCÊ NÃO SOMOS NINGUÉM, OBRIGADO ETERNAMENTE!

FELIZ DIA DAS MÃES!!!

É O QUE DESEJA TODOS OS FILHOS COBRA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Verifique também

“Narcos: México”: A nova série da Netflix é uma história sem final feliz, trailer

Depois de esmiuçar a história de Pablo Escobar, barão da droga colombiano, a série segue a…