Governo queria chave para acessar mensagens de usuários em investigações.

O aplicativo de mensagens Telegram, um dos mais famosos competidores do WhatsApp, foi banido da Rússia recentemente.

O aplicativo foi proibido no país após os desenvolvedores não entregarem uma chave de criptografia para que o Serviço Federal de Segurança (FSB) acessasse mensagens privadas de usuários do serviço para investigações.

A suspensão do app foi imediata e veio após uma ação movida pelo governo. Pavel Durov, fundador do Telegram, disse que não pretende abrir mão da privacidade dos usuários, ou seja, não deve cooperar com o pedido das autoridades russas. https://vk.com/wall1_2285269

“No Telegram, nós temos o luxo de não se importar com fluxo de receitas e vendas de anúncios. Privacidade não está à venda, e direitos humanos não devem ser comprometidos por medo ou ganância”
– Pavel Durov

Além disso, o comandante do Telegram disse que a equipe do app já está trabalhando em formas para facilitar a vida dos usuários que querem burlar o bloqueio do aplicativo de mensagens.

Atualmente, isso pode ser feito por meio das configurações de proxy e também com VPN. Segundo Durov, os usuário devem manter o app atualizado para receberem os updates que mantém o aplicativo funcionando no país.

Fonte: mundoconectado via: Neowin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Verifique também

Battlefield V terá beta aberto em setembro, confirma DICE

Game tem lançamento previsto para 19 de outubro no PlayStation 4, no Xbox One e no PC Depo…