Fotografias são capazes de sintetizar em apenas um quadro todo o contexto histórico de uma época e os registros em preto e branco o fazem com maestria. O trabalho da artista brasileira Marina Amaral busca comunicar e extrair toda a emoção de um registro ao dar cor à cena.

Momentos como a autoimolação do monge budista Thích Quang Duc (abaixo), o retrato de Winston Churchill ou Martin Luther King Jr. durante a marcha sobre Washington ganham uma nova dimensão quando vistas coloridas.

“Minha intenção jamais é substituir a foto original, mas quero atingir um nível de realismo que deixa em dúvida se aquela foto foi tirada em preto e branco ou em cores” conta Marina ao Gizmodo Brasil.

Estudante de Relações Internacionais, Marina sempre se interessou por história e até então não tinha se aprofundado em temas com arte, design ou fotografia. O contato com a colorização surgiu a partir de uma discussão num fórum na internet.

O aprendizado foi por conta própria, buscando em diversas fontes e aplicando as técnicas na prática. Embora qualquer pessoa possa tentar colorir fotografias (existem milhares de tutoriais), o trabalho de Marina vai além ao combinar o perfeccionismo e a pesquisa histórica para cada peça.

Ela vasculha jornais, arquivos de museus, documentos governamentais e livros em busca das descrições visuais que deem pistas sobre a cor das roupas, dos objetos, do cabelo, de cada detalhe da imagem. Dependendo do caso, conta com a ajuda de pesquisadores e historiadores. “Recentemente fiz uma série de retratos dos conspiradores do assassinato do Presidente Lincoln e tive a ajuda de um pesquisador. Procuramos transcrições de depoimentos dos acusados, arquivos da época, documentos, e conseguimos reunir todas as descrições visuais que eu precisava. É bem trabalhoso, mas uma parte essencial do meu trabalho”, conta.

 

Czesława Kwoka tinha 14 anos quando foi enviada para Auschwitz – o infame campo de extermínio nazista

Czesława Kwoka tinha 14 anos quando foi enviada para Auschwitz – o infame campo de extermínio nazista

A colorista digital Marina Amaral decidiu dar vida a este momento comovente, as fotos originais foram tiradas por outro preso no campo como parte do projeto para ‘documentar’ as pessoas levadas para o campo da morte.
Czesława estava sentada na frente da câmera alguns minutos depois de ser espancada por um guarda de prisão do sexo feminino

Czesława estava sentada na frente da câmera alguns minutos depois de ser espancada por um guarda de prisão do sexo feminino

Com sangue fresco ainda em seu rosto, as últimas imagens tiradas de Czesława Kwoka são um lembrete gritante das atrocidades que aconteceram lá.

“Ela chorou mas não pôde fazer nada. Antes da fotografia ser tirada, a menina secou as lágrimas e o sangue do corte no lábio”

“Ela chorou mas não pôde fazer nada. Antes da fotografia ser tirada, a menina secou as lágrimas e o sangue do corte no lábio”

Uma vítima do bombardeio americano

Uma vítima do bombardeio americano

O órfão inglês – Londres, 1945

O órfão inglês – Londres, 1945

Um menino francês se apresenta aos soldados indianos

Um menino francês se apresenta aos soldados indianos

Abraham Lincoln

Abraham Lincoln
Abraham Lincoln

Piloto de correio aéreo

Piloto de correio aéreo

Broad Street, Nova Iorque

Broad Street, Nova Iorque

Elvis Presley, Priscilla Presley e Lisa Marie

Elvis Presley, Priscilla Presley e Lisa Marie

Três meninos franceses olhando para um tanque de pantera alemã nocauteado

Três meninos franceses olhando para um tanque de pantera alemã nocauteado

John e Jacqueline Kennedy

John e Jacqueline Kennedy

Presos no campo de concentração de Wobbelin

Presos no campo de concentração de Wobbelin

Mãe migrante

Mãe migrante

Médicos da 5ª e 6ª Brigada Especial de Engenheiros

Médicos da 5ª e 6ª Brigada Especial de Engenheiros

Grigori Rasputin

Grigori Rasputin

Refugiados poloneses

Refugiados poloneses

Bebida Dr. Pepper

Bebida Dr. Pepper

Winston Churchill

Winston Churchill

Em 1946, o militar nazista Hermann Goering foi julgado por crimes contra humanidade no tribunal de Nuremberg

Em 1946, o militar nazista Hermann Goering foi julgado por crimes contra humanidade no tribunal de Nuremberg

Coroação da rainha Elizabeth, em 1953.

Coroação da rainha Elizabeth, em 1953.

Homem no campo de concentração, em Wobelin (Alemanha), chora ao saber que não deixaria o local no primeiro grupo para ir ao hospital.

Homem no campo de concentração, em Wobelin (Alemanha), chora ao saber que não deixaria o local no primeiro grupo para ir ao hospital.

Em 21 de Abril de 1918, exatamente há 100 anos atrás, Manfred Von Richthofen também conhecido. O Barão vermelho foi morto e morto perto de vaux-Sur-Somme, aos 25. Anos, ele é considerado o ACE-of-Aces da guerra, sendo oficialmente creditado com 80 vitórias de combate aéreo. Houve uma discussão e um debate consideráveis sobre aspectos da sua carreira, especialmente as circunstâncias da sua morte. Ele continua sendo um dos pilotos mais conhecidos de todos os tempos, e tem sido objeto de muitos livros, filmes e outros meios de comunicação.

Manfred Von Richthofen também conhecido. O Barão vermelho

 

Depois de todo esse processo, o trabalho ainda pode levar meses: “Tudo depende do nível de complexidade da foto. Um retrato simples leva mais ou menos 1 hora. Já uma fotografia mais complexa, pode levar até meses”, afirma Marina.

Além de publicar os resultados em seu site, Marina tem trabalhado em diversos projetos com revistas, canais de televisões e museus. Atualmente, está desenvolvendo um projeto com um museu da Suíça, restaurando fotos de uma locomotiva.

O trabalho já impressiona, mas podemos esperar mais: “ainda tenho muito pra aprender e desenvolver, sou muito perfeccionista e acho que isso me incentiva a sempre tentar evoluir e melhorar como artista”. O site da artista compara as fotos antes e depois da coloração e em seu blog podemos ter algumas aulas de história, com o contexto de cada cena.

Fonte: gizmodo via boredpanda e Facebook.com/marinamaralarts/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Feliz aniversário S0ST1N3S

Hoje é um dia muito especial, para você e para todos nós também, pois apenas desejamos o s…