78% dos usuários do Steam na China tem o popular jogo de Battle Royale.

Em uma palestra realizada na GDC 2018, o criador e gerente do SteamSpySergey Galyonkin, revelou que, de acordo com o site, jogadores chineses de PlayerUnknown’s Battlegrounds dedicam o dobro de tempo ao jogo do que americanos.

Segundo os dados da plataforma, chineses dedicam, em média, 16 horas por semanas a PUBG. Americanos, por outro lado, só jogam o jogo de Battle Royale por 7 horas.

Galyonkin sugeriu algumas teorias pelos motivos por trás desta diferença de números: o SteamSpy indica que cerca de 78% dos usuários chineses do Steam tem PUBG em suas contas.

Além disso, americanos costumam ter 6 vezes mais games na plataforma do que o público chinês, o que inevitavelmente pulveriza o número de pessoas que se dedica a um game.

Há também o fato de cibercafés ainda serem relativamente populares na China, o que significa que certos perfis são utilizados por múltiplas pessoas, o que eleva significativamente o número de horas jogadas.

É importante notar também que, como o próprio Galyokin leva em conta, os dados do SteamSpy não são totalmente precisos, por depender de um API da Valve que nem sempre é preciso.

Ainda assim, especialmente ao se levar em conta que a versão mobile do jogo foi lançada primeiro na China, a popularidade de PUBG no país é verdadeiramente imensa.

99% DOS CHEATERS BANIDOS DE PUBG SÃO DA CHINA

O problema de PlayerUnknown’s Battlegrounds com os cheaters (jogadores que utilizam de mecanismos de trapaça) tem sido um grande incômodo para o game, e dados recentes da tecnologia de anti-cheat usada pela empresa, BattlEye, indica que 99% das contas banidas pelo uso de trapaças são da China.

De acordo com o site Youxi Story, 46% de todos os jogadores de PUBG são da China. Isso faz dos cheats um problema significativa, considerando que a maior parte das trapaças vem do território mais importante para o game.


Um milhão de contas foram banidas em janeiro por utilizarem de cheats, e a BattlEye disse que “as coisas continuam ganhando maiores proporções” por conta disso.

PUBG atingiu um marco nesta semana, com vendas alcançando 30 milhões de cópias. Apesar do aparente sucesso, a base de jogadores no PC está encolhendo, e o cheating pode ser um dos possíveis fatores que contribuem com a queda no número de jogadores.

Example of ESP plug-in

Desde a aquisição dos direitos sobre o game na China, a Tencent anunciou um servidor chinês de PUBG, e que combaterá os cheaters utilizando de plug-ins se o problema se apresentar como algo sério.

Fonte: theenemy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Os 10 filmes mais pirateados da semana

Saiba quais foram os filmes mais buscados por usuários em sites de torrent Semanalmente, o…