Embora os celulares top de linha costumem ser os principais alvos de vazamentos, uma imagem obtida pelo site Android Headlines revelou o provável design do Moto G6 Plus. O dispositivo sucederá o Moto G5 Plus e o Moto G5S Plus, e deverá ser revelado durante a Mobile World Congress, feira de tecnologia que comena neste fim de semana.

A imagem mostra que a tela do aparelho ocupará uma parcela maior de sua parte frontal do que nos seus antecessores – mas ainda deixará espaço para bordas. Na borda inferiro deve ficar o leitor de impressões digitais. E a parte traseira deve ser levemente curva nos lados, para fazilitar que o aparelho seja levantado de superfícies lisas. Ela deve manter também a protuberância, na parte superior, para as lentes das duas câmeras.

No geral, o design do aparelho lembra bastante o do Moto X4 do ano passado. Mas diferentemente dele, o Moto G6 Plus terá uma tela com proporção 18 po 9 – mais parecida com a dos atuais tops de linha da Samsung, Apple e LG. Espera-se que o Moto G6 Plus seja lançado junto com outros dois aparelhos: o Moto G6 (uma versão intermediária dele) e o Moto G6 Play (a versão mais básica do modelo).

Por dentro

Quanto às configurações, o site estima que o dispositivo deve vir com o processador Snapdragon 630 de 64 bits (o que sugere que ele terá bastante RAM). Sua bateria deve ter 3.250 mAh de capacidade e ele deve vir com Android 8.0 direto da caixa, com provável atualização para o Android P quando ele for lançado no segundo semestre de 2018.

O vazamento da imagem aconteceu pouco após o jornalista Evan Blass, especializado no mercado de smartphones, vazar os “codinomes” dos aparelhos em produção. Blass também afirma que o Moto G6 Plus será acompanhado de duas outras versões mais simples, que devem ser lançadas juntas com ele. O tweet de Blass pode ser visto abaixo:

Fonte: olhardigital

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Banco Central autoriza transferências bancárias pelo WhatsApp

Permissões possibilitam que aplicativo de mensagens seja usado para envio de recursos entr…