Imagem do fantasiado brasileiro nas redes sociais fez a matriz da empresa nos EUA pedir a demissão do funcionário, e também do diretor e presidente, que tentaram amenizar a situação.

Uma festa à fantasia de fim de ano dos funcionários da subsidiária brasileira da multinacional Salesforce, em dezembro, teria causado a demissão de um funcionário, do diretor comercial e do diretor-presidente. Segundo versão que circula na internet, o funcionário se vestiu do popular meme “Negão do WhatsApp”. Ele colocou uma toalha no ombro, vestiu um chapéu e improvisou uma prótese para imitar o pênis do personagem.

A imagem do fantasiado, publicada no Facebook, não foi bem vista na matriz, em San Francisco, Estados Unidos, que pediu a demissão do funcionário. O diretor comercial tentou mantê-lo no cargo e a sede, então, teria decidido desligá-lo também. Até que o presidente da subsidiária tentou interferir e amenizar a situação, mas teve o mesmo destino dos outros funcionários.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, pessoas próximas ao caso consideraram a punição exagerada e contraditória com o discurso da empresa, de defesa da diversidade.

Procurada, a Salesforce confirmou os desligamentos e disse que os executivos deram importantes contribuições durante suas atuações na companhia. Por política da empresa, a Salesforce disse que não comentaria o motivo da saída de funcionários.

Fonte: gazetaonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Internautas exploram falha em bot da Decolar

Bot da empresa de viagens está causando polêmica na rede social Twitter. Uma falha no sist…