EA Games está sofrendo no bolso a repercussão negativa das microtransações e loot boxes de Star Wars Battlefront 2. Desde o problemático lançamento do game, as ações da companhia desvalorizaram US$3,1 bilhões, aponta o VG247.

O montante representa uma queda de 8,5% no valor das ações em comparação ao mesmo período do mês passado. Apesar de nenhuma publicação vinda da companhia associar o game a má fase, vários analistas, e todo mundo que acompanha notícias de games, fizeram a ligação entre a polêmica das microtransações e a desvalorização das ações.

Após as compras in-game de Star Wars Battlefront 2 desagradar os jogadores e a mídia especializada em games, a Eletronic Arts desligou temporariamente o sistema.

Disney teria influenciado EA a retirar
microtransações de Star Wars Battlefront 2

Recentemente, Blake Jorgensen, chefe do setor financeiro da EA, disse que a companhia está trabalhando para melhorar o sistema, mas que não deve retirá-lo ou trazer itens apenas cosméticos. Segundo Jorgensen, o objetivo é manter o game aos moldes dos filmes.

“[Star Wars]É um universo magnífico construído ao longo de muitos anos e se você começa a inserir múltiplos itens cosméticos, o cânon é deturpado, não? Darth Vader vestido de branco não faz sentido, em comparação ao preto. Sem mencionar que você não deseja ver o vilão vestido de rosa. Sem ofensa à cor, mas não penso que está certo dentro dos padrões.”
– 
Blake Jorgensen, chefe do setor financeiro da EA

O executivo não comentou quando o sistema de transações in-game deve voltar a Star Wars Battlefront 2, mas disse que está trabalhando com a Lucasfilm para desenvolver melhorias.

Fonte: adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…