O Vimeo anda meio sumido: ele virou um serviço de vídeos de nicho, respondendo por apenas 0,11% do tráfego da internet (pouco quando comparado aos 5,66% do YouTube). Para expandir suas atividades no setor, a InterActiveCorp (IAC), dona do Vimeo, anunciou a compra da Livestream, uma plataforma de streaming ao vivo que conta com mais de 10 milhões de eventos por ano.

O valor da compra da Livestream não foi divulgado, mas o Vimeo afirma ao TechCrunch que esta é a maior aquisição da história do serviço de vídeos. Nada muda para os usuários por enquanto, mas a ideia é integrar a tecnologia da Livestream com o Vimeo, criando o Vimeo Live, assim que a transação for concluída, até o final do ano.

O Vimeo Live permitirá que criadores de conteúdo profissionais façam transmissões ao vivo em Full HD, com streaming adaptativo para evitar travamentos e transcodificação integrada na nuvem. Depois das transmissões, será possível até mesmo substituir os arquivos para liberar uma versão com resolução 4K.

A compra da Livestream faz sentido porque, nos últimos anos, o Vimeo tem se concentrado em ganhar dinheiro com assinaturas pagas para usuários profissionais, além de um serviço que permite a outras empresas criarem seus próprios serviços de streaming para vender conteúdo. Ele já é utilizado pelo Foo Fighters e pelas emissoras Comedy Central e NPR. O recurso de streaming ao vivo também será pago.

Os 180 funcionários da Livestream, que tem escritórios nos Estados Unidos, Ucrânia e Índia, poderão ser contratados pelo Vimeo. Hoje, a plataforma de streaming ao vivo possui mais de 10 mil usuários pagantes, como Dow Jones e Spotify; e cerca de 50 milhões de espectadores por mês.

Fonte: tecnoblog.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

YouTube lança plataforma de vídeos curtos para competir com TikTok

Em fase de testes, YouTube Shorts está disponível somente para usuários de Android na Índi…