Google, Facebook, Youtube e Twitter reprimiam a “fraude de cliques” nos últimos anos e softwares que podem aumentar o status das pessoas agora são bastante fáceis de combater.

Entretanto, num vídeo recente, parece que a estratégia mudou e os caras se mostram mais organizados. Eles supostamente estão criando “Fábrica de cliques”.

Essas “fazendas” possuem cerca de 10 mil smartphones e oferecem serviços de likes e downloads que ajudam a aumentar a popularidade de pessoas e empresas na internet. O vídeo talvez explique por quê encontramos tantos conteúdos de gostos discutíveis fazendo sucesso pelo mundo.

 

Fonte: obutecodanet via twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

China proíbe menores de 18 anos de jogar videogame por mais de 3h semanais.

Jovens chineses só podem jogar aos finais de semana e feriados, entre 20h e 21h, e precisa…