Pra toda diversão existe alguém frustrado querendo acabar com ela. Não importa o quão inocente o motivo de sua diversão for: sempre haverá aquele vizinho que não tolera o menor sinal de convivência, quanto mais as gargalhadas e a leveza da simples alegria. Um grupo de policiais do estado de Wisconsin, nos EUA, porém, diante de uma reclamação por conta de um grupo de crianças estarem jogando hóquei na rua, decidiu fazer não só seguir a lei, como fazer o mais certo: pegaram tacos e entraram no jogo.

Os policiais foram ainda mais longe, bloqueando a rua da pequena cidade de Janesville para que pudessem jogar uma partida de 3 contra 3 por meia hora. A história foi contada em um post no facebook, que basicamente comemora não só o fato dos policiais permitirem às crianças serem crianças, como reafirma o óbvio: policiais também são boas pessoas, parabenizando assim o departamento da cidade.

So you call the cops on some kids playing hockey in the street because your too cool to go around. Instead of listening…

Posted by Loren Phillips on Monday, March 27, 2017

O post naturalmente viralizou com mais de 30 mil compartilhamentos e quase 2 mil comentários – em sua absoluta maioria também parabenizando o gesto dos policiais, comemorando a (hoje em dia) rara cena de se ver crianças brincando ao ar livre e praticando esportes, e muitos criticando o amargo vizinho que realizou a reclamação.

Cops1

Após o jogo, os policiais indicaram às crianças um local que lhes permitiria jogar sem serem importunados, e seguiram, plenos da sensação do dever cumprido – afinal, proteger a molecada e ajuda-los a serem simplesmente felizes tem de ser parte fundamental do trabalho de qualquer polícia.

Cops2

Fonte: hypeness

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Viciado em videogame, adolescente é encontrado morto após maratona online

Viciado em games online, o adolescente Piyawat Harikun, de 17 anos, resolveu aproveitar o …