Quem deu uma olhada em nossa análise dos Ryzen, o Ryzen 7 1700X e 1800X, percebeu que as novas CPUs da AMD conseguiram equilibrar o jogo com a Intel em performance single-thread e voltaram a aparecer no topo de nossa tabela de benchmarks. Mas houve um aspecto que a diferença se manteve um pouco maior: games, especialmente em 1080p.

Colocamos as CPUs em uma situação extrema: configuramos em qualidade Alta e resolução FullHD, uma qualidade que a Gigabyte GeForce GTX 1080 G1 Gaming “leva com um pé nas costas”, e rodamos benchmarks. Nessa situação de sub-uso da placa de vídeo, a pressão sobre a performance do processador sobe e muito.

É bom lembrar que estamos criando uma situação atípica ao sub-usar a GTX 1080, e é normal ela atingir pouco uso (na casa dos 50%, na maior parte do tempo). Em uma situação prática de uso, o gamer exploraria melhor a capacidade da GPU com resoluções mais altas e qualidades mais avançadas.

Games utilizados:

The Witcher 3 Wild Hunt (DX11)
Hitman (DX12)
GTA V (DX11)

CPUs testadas:

AMD Ryzen 7 18000X
AMD Ryzen 7 17000X
Intel Core i7-7700K
Intel Core i7-6800K
Intel Core i7-6900K

Fonte: adrenaline via http://www.youtube.com/watch?v=RAma3ARCoP4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Battlefield 6 realmente terá desastres naturais que destroem os mapas?

Enquanto aguardamos ansiosamente por informações oficias do Battlefield 6, mais um forte r…