A Samsung criou um produto conceitual que tem como grande objetivo substituir o monitor do seu computador. Durante a Mobile World Congress, que acontece na próxima semana em Barcelona, a empresa demonstrará o Monitorless, que são óculos com tecnologia similar ao HoloLens para que você possa sentar-se em frente ao computador mesmo sem ter um monitor.

O que o Monitorless tem de diferente de outras tecnologias de realidade aumentada que vimos surgir nos últimos anos é o seu formato, que se aproxima de um par de óculos comum. Ele ainda tem o diferencial de fazer tanto a função de realidade aumentada quando a de realidade virtual.

As armações laterais dos óculos são mais grossas para abrigar os componentes internos como processador, chip de Wi-Fi, bateria, speaker, enquanto as lentes recebem um projetor visual similar ao encontrado no HoloLens.

Toda a conectividade é mantida sem fios. Os óculos se conectam ao celular por meio do Wi-Fi Direct, e o smartphone por sua vez pode se ligar a um PC por meio de uma rede Wi-Fi convencional ou internet 4G.

De acordo com o vídeo de divulgação, as lentes são capazes de exibir uma interface que permite visualizar e interagir com a tela do computador e do celular. A transparência da lente pode ser ajustada justamente para aplicação de efeito de realidade aumentada, em que as informações se sobrepõem ao mundo real, ou de realidade virtual, em que o usuário se isola completamente.

A Samsung admite, porém, que o Monitorless é apenas um conceito, uma demonstração da visão de futuro da companhia que está longe de se concretizar e se transformar em produto real. Lançar uma tecnologia do tipo ainda precisaria de mais pesquisa para que o aparelho pudesse ser produzido em larga escala com um custo reduzido, para que possa ser vendido a um preço aceitável. Um protótipo como esse provavelmente custa milhares (talvez milhões) de dólares para montar, tornando sua comercialização inviável em um futuro próximo.

Fonte: olhardigital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

PCs gamers são banidos de cinco estados dos EUA por consumir muita energia

Os PCs gamers da empresa da empresa Alienware, uma subsidiária da Dell focada em computado…