A paixão brasileira pelos eSports foi confirmada pelos números. Em uma análise de mercado, a empresa norte-americana Newzoo classificou o Brasil como terceiro maior público do esporte eletrônico, com 11,4 milhões de espectadores.

As informações foram revelados pelo UOL Jogos nesta quarta-feira (15). O país só perde para os Estados Unidos e a China no quesito e representa quase a metade da audiência de eSports na América Latina, que é de 23,7 milhões.

No total, é esperado que o esporte eletrônico tenha 385 milhões de espectadores únicos pelo mundo ao longo do ano, com quase a metade desses sendo de entusiastas.

Newzoo_Global_Esports_Revenue_Growth

 

Crescimento financeiro

Além do público, o lado financeiro também tem disparado. Segundo a estimativa da Newzoo, o mercado de eSports lucrará US$ 696 milhões em 2017, e a projeção é que esse número aumente para US$ 1,5 bilhão em 2020.

A entrada de grandes empresas e de tradicionais clubes esportivos é apontada como um dos fatores para que a economia do eSports cresça tanto, e a estimativa é que esse número aumente 41,3% ano a ano.

Os números da Newzoo excluem apostas, tanto as ilegais quanto as feitas em cassinos e sites autorizados, pois elas funcionam em um mercado independente. Em um estudo divulgado mais cedo no ano pela empresas Eilers & Krejcik Gaming e Narus Advisors, foi sabido que as apostas de Counter-Strike: Global Offensive movimentaram US$ 5 bilhões em 2016.

Newzoo_Esports_Market_Size_2017

Fonte: espn.uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

China proíbe menores de 18 anos de jogar videogame por mais de 3h semanais.

Jovens chineses só podem jogar aos finais de semana e feriados, entre 20h e 21h, e precisa…