A Apple está processando a Qualcomm e quer US$ 1 bilhão em indenização. A empresa por trás do iPhone acusa a fabricante do Snapdragon de exercer um monopólio sobre as tecnologias de modem dos smartphones e aproveitar sua posição para cobrar taxas injustas e “extorquir” suas parceiras em contratos. Segundo a Apple, a Qualcomm “tem insistido injustamente em cobrar royalties de tecnologias com as quais eles não tem nada a ver”.

A Qualcomm tem propriedade sobre modems de smartphones que usam o popular padrão CDMA para se conectar às redes de internet das operadoras. Segundo a acusação da Apple, a empresa cobra royalties cada vez mais caros em novos smartphones que usam a tecnologia, mesmo quando as inovações não têm nada a ver com eles. O iPhone de 256GB tem que pagar mais royalties para a Qualcomm do que o de 128GB, por exemplo.

Além disso, a fornecedora de modems também construiu seu negócio num sistema de abates de valores que é perdido no caso de sua parceira mudar de fornecedora. A Apple passou a usa modems da Intel em alguns de seus iPhones, o que fez com que ela perdesse os valores abatidos com a Qualcomm.

A criadora de hardware para smartphones é mais famosa pelos seus processadores Snapdragon para dispositivos Android principalmente. Mas é interessante notar que seu negócio de licenciamento de royalties soma apenas um terço do dinheiro que entra na empresa, mas gera dois terços de seus lucros.

A Qualcomm, é claro, declarou que são injustas as acusações da Apple e que está “satisfeita” de ir a julgamento para expor as informações que a acusação estaria escondendo e provar a importância de suas tecnologias e seus royalties.

Fonte: adrenaline via forbes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

China proíbe menores de 18 anos de jogar videogame por mais de 3h semanais.

Jovens chineses só podem jogar aos finais de semana e feriados, entre 20h e 21h, e precisa…