Na última edição, em 2015, o número de reclamações diminuiu para 4.400, como consequência da melhor preparação dos varejistas e também dos consumidores

A Black Friday já é comemorada há cinco anos no Brasil e muita coisa mudou nesse tempo. Enquanto nos primeiros anos, as falsas promoções e a falta de estoque, na última edição as reclamações diminuíram consideravelmente.

Um levantamento realizado pelo site Reclame AQUI aponta as 10 empresas mais reclamadas pelos consumidores na Black Friday desde 2013, nas quais o consumidor deve ficar de olho antes de fechar uma compra. Veja o levantamento completo AQUI.

black-friday-correria

Em 2013 foram registradas 8.500 reclamações e, em 2014 foram 12.000. Só no último ano que o número diminuiu para 4.400, como consequência da melhor preparação dos varejistas e também dos consumidores.

A empresa mais reclamada foi a KaBum!, com 688 reclamações relacionadas ao evento de promoções. A empresa, no entanto, tem reputação boa no site do Reclame AQUI.

Em segundo lugar, aparece a loja virtual da Americanas.com, com 431 queixas, seguida da Submarino, com 376 reclamações, e NetShoes, com 155.

A propaganda enganosa foi, no ano passado, o maior motive para reclamações, com 36,2% das queixas. Mais de 9% dos consumidores reclamaram de problemas para finalizar a compra. O terceiro maior motivo de queixa se deve à divergência de valores, responsáveis por 7,1%.

Confira abaixo o ranking das empresas mais reclamadas seguidas do número de reclamções e reputação no Reclame AQUI em 2015, para tomar cuidado com as compras nesse ano.

ranking_empresas_final

post-infografico

Fonte:  exame.abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…