Poucos dias após os rumores de que a Disney estaria interessada em uma aquisição do Twitter, a companhia do Mickey volta às manchetes com outra empresa que pretende abocanhar: a Netflix, o maior serviço de streaming do mundo. O boato levou a um aumento de mais de 6% no valor das ações da companhia, que chegou a ser avaliada em US$ 46 bilhões.

O movimento seria muito interessante para a Disney. A casa do Mickey, que comprou a LucasFilm em 2012 e, com isto, adquiriu a franquia Star Wars, é dona de um monte de outras marcas que poderiam ampliar em muito o catálogo da Netflix – que está diminuindo. No entanto, pode ser que isto levasse a uma saída em massa de conteúdos de terceiros.

Mas, no fim das contas, conteúdo não seria mais um problema para os assinantes da Netflix. A Disney planeja investir mais de US$ 6 bilhões em programas de televisão, documentários, filmes e afins só neste ano de 2016. Com a aquisição, as duas empresas poderiam ganhar, e muito.

Atualmente, Disney e Netflix já possuem boa relação. O serviço de streaming é a única plataforma paga a receber novos filmes distribuídos pela gigante da mídia. Aliás, gigante talvez não seja o suficiente para descrever esse enorme conglomerado com cinco divisões e mais de uma dúzia de subsidiárias.

Entre as empresas pertencentes à Disney, tem a já citada LucasFilms, além da Pixar, Marvel Entertainment, Muppets Holding Company e participações na ESPN (80%), e Hulu (27%), e outras. A ABC, canal de televisão americano, também faz parte da divisão Disney-ABC Television Group.

Fonte:  tecmundo via fortune

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…