Um estudo conduzido pela Universidade de Cambridge descobriu que fazer policiais usarem câmeras corporais fez com que as reclamações contra a corporação diminuíssem drasticamente no Reino Unido.

Os pesquisadores recolheram dados em sete departamentos. Eram mais de 1,4 milhão de horas de imagens produzidas por 1.847 policiais entre 2014 e 2015, segundo o TechCrunch. No ano anterior ao estudo foram abertas 1.539 reclamações sobre a conduta dos policiais, mas o número despencou para 113 em apenas 12 meses, uma redução de 93%.

O mais curioso, porém, é que aparentemente o uso das câmeras corporais causou um efeito colateral positivo. Os policiais são escolhidos aleatoriamente para usar as câmeras, e todo dia pelo menos metade do efetivo está equipada. Acontece que a redução das reclamações se deu de forma generalizada, e não apenas entre aqueles que estivessem portando o equipamento, o que sugere que houve uma mudança de comportamento mais profunda.

“Pode ser que, devido à repetida exposição à vigilância das câmeras, policiais tenham mudado seu comportamento de reação nas ruas — mudanças que se provaram mais efetivas e, portanto, se fixaram”, explica o líder do estudo, Barak Ariel. Os pesquisadores chamam isso de “responsabilidade contagiosa”, o ato de aprender a fazer a coisa certa mesmo quando ninguém está olhando.

policia-camera-1 policia-camera-2 policia-camera-3 policia-camera-4

Fonte:  olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…