Com direito a mira automática na cabeça e tiros que atravessam todos os tipos de paredes.

A DICE e a Electronic Arts precisarão ser muito enérgicas com relação aos hackers que já estão infestando Battlefield 1 no PC com sua presença, graças ao acesso antecipado para assinantes do Origin Access (indisponível no Brasil).

Uma destas pragas foi avistada por um jornalista do site PC Gamer enquanto jogava uma partida multiplayer. No começo ele não achou estranho as maneiras como morreu pelas mãos desse sujeito, até que lá pela terceira ou quarta morte, ele viu que havia sido morto através da parede. A partir daí ele resolveu testar o quão eficiente as trapaças desse jogador eram.

O resultado? Muitos headshots feitos pelo hacker de posições simplesmente impossíveis. Mesmo contra apenas 7 inimigos ele terminou a partida com o placar de 65-1.

O site ressalta que os jogadores já estavam reclamando desse tipo de situação no beta de Battlefield 1 através do Reddit. Mesmo após ameaçarem gravar o hacker em ação, seu comportamento não mudou absolutamente nada.

Infelizmente ainda não existe nenhuma ferramenta dentro do jogo que permite reportar estes jogadores trapaceiros para que a Electronic Arts e a DICE tomem as medidas necessárias contra eles. Uma dica que fica para ambas é que ajam da mesma forma que a Blizzard está agindo com Overwatch – tolerância zero para hackers – mesmo que isso signifique bani-los do jogo permanentemente.

Fonte: gamehall via  pcgamer e  reddit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…