Inteligência artificial é um tema interessante. Ao mesmo tempo em que pode trazer uma série de benefícios para a humanidade, a ficção científica enraizada na mente da espécie humana também ensina a não confiar cegamente nas máquinas, sob o argumento de que elas podem ser um risco à nossa existência.

As empresas de tecnologia, diretamente interessadas em avançar a IA, sabem deste temor, e decidiram se unir para tranquilizar a humanidade em relação à inteligência das máquinas. Entre as empresas que se juntaram à coalisão chamada “Partnership on AI” (“Parceria em IA”) estão Facebook, Google (e sua subsidiária DeepMind), Microsoft, Amazon, IBM e outros grupos de pesquisas e acadêmicos da área. A Apple também discute a entrada na parceria, mas ainda não decidiu se juntar aos outros.

cerebro-humano

São duas áreas principais de interesse desta parceria. A primeira delas é tornar mais claro para o público o que de fato é a inteligência artificial e por que ela não deve ser temida, especialmente quando ela começa a tomar postos de trabalho humanos e dirigir carros autônomos.

A segunda é garantir que a Skynet não exista no mundo real. A parceria permite que as empresas colaborem entre si e recebam opiniões e comentários de especialistas não ligados às companhias. Isso inclui os filósofos e estudiosos de ética que se dedicam a entender as questões menos técnicas e mais morais envolvendo a inteligência artificial, como qual seria a resposta adequada diante de situações de risco de morte na área de saúde ou transporte.

Fonte: olhardigital via The Verge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…