YouTube e pirataria têm uma relação complicada. O site faz o que pode para impedir o upload de vídeos que sejam protegidos por direitos autorais, como filmes e episódios de seriados, mas isso não significa que os usuários deixam de tentar, usando métodos cada vez mais engenhosos para driblar o algoritmo. O mais novo método usado foi disfarçar um filme dentro de um cenário em 360 graus.

O vídeo em questão traz “Clueless”, conhecido no Brasil pelo título “As Patricinhas de Beverly Hills”. Ao abrir o vídeo, parece que não há nada de estranho, e que o vídeo está sendo reproduzido normalmente. No entanto, basta clicar e arrastar com o mouse que é possível reparar que o filme está sendo exibido em um “telão virtual” dentro de um estúdio de dança, enganando o algoritmo Content ID do YouTube.

Outros recursos usados com frequência pelos piratas do YouTube estão o escurecimento de uma parte do vídeo, ou ocupar só uma fatia da tela com o filme propriamente dito, deixando o resto para imagens aleatórias. O áudio também costuma ser alterado para não cair no filtro do site.

A questão é: quanto tempo vai demorar para que o YouTube consiga criar um filtro para barrar vídeos protegidos dentro de outros vídeos em 360 graus? Certamente a empresa começará a dar uma atenção maior a este tipo de pirataria a partir de agora.

Fonte:  olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Beeper promete unir WhatsApp, Telegram e mais apps em um só

Por US$ 10 mensais, Beeper se propõe a fazer uma ponte para centralizar contas de 15 aplic…