O município do Paulista, em Pernambuco, iniciará um projeto piloto com a empresa Crescite para utilizar drones no recadastramento de imóveis urbanos.

A Crescite é uma empresa especializada em cobrança tributária e recadastramento de imóveis

O projeto piloto será lançado entre junho e julho de 2016 e as imagens aéreas em alta resolução obtidas pelos equipamentos serão tratadas e utilizadas para medição dos imóveis.

O piloto abordará cerca de 20 mil imóveis em áreas com adensamento. O processo todo deve ser concluído em até 90 dias.

Apesar do uso dos drones, o acompanhamento presencial dos imóveis continuará sendo feito.

A Crescite já recadastrou, para fins tributários, mais de 30 mil imóveis em menos de três meses no município do Paulista. A meta é fechar 2016 com 100 mil imóveis.

A entrada dos drones e softwares de tratamento de imagens são um avanço negociado com o Governo Municipal.

O Prefeito do Paulista, Júnior Matuto, é um dos entusiastas do projeto. “Paulista vai inovar e, mais uma vez, partir na frente, dando um bom exemplo a outros municípios brasileiros. Estamos avançando para resolver parte dos nossos problemas e, ao mesmo tempo, mostrar soluções para colegas administradores. Abrimos espaço para parceria com uma empresa privada e os resultados já estão aparecendo nos cofres do município e agora, com mais tecnologia, vamos avançar”, afirma.

Fonte:  baboo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…