A empresa chinesa Tencent divulgou hoje a compra da empresa finlandesa Supercell, produtora do jogo para smartphones Clash of Clans. A Tencent adquirirá um total de 84,3% das ações da Supercell por um valor aproximado de US$ 10,2 bilhões. A Supercell, desde sua criação em 2010, criou quatro jogos que são jogados por mais de 100 milhões de pessoas ao todo diariamente.

Com o acordo, a empresa chinesa se tornará dona de dois dos jogos que mais geram dinheiro no mundo. Além do Clash of Clans, a Tencent também é dona da empresa Riot Games, que produz o MOBA League of Legends. A compra da Riot Games pela Tencentfoi finalizada em dezembro de 2015, por um valor não revelado.

De acordo com o Engadget, a empresa também possui participação nos estúdios Activision Blizzard (responsável pela criação e gerenciamento de séries como World of Warcraft, Starcraft, Diablo, Call of Duty e outras) e Epic Games (conhecida pelas séries Gears of War e Unreal).

supercell_tencent_fp

WeChat-Model-Work-in-the-WestConcorrente do WhatsApp

Esses investimentos, contudo, estão longe de ser o total dos ativos da Tencent. Além deles, a gigante chinesa também é dona do aplicativo de mensagens instantâneas WeChat, o mais popular da China e um concorrente direto do WhatsApp e do Facebook Messenger.

O WeChat está na frente dos aplicativos de conversa ocidentais em diversos critérios: ele já está na fase de gerar renda em cima do serviço de conversas, e oferece serviços de “bots” desde muito antes do Messenger pensar em criar esse recurso.

Embora o acordo faça da concorrente do WhatsApp “dona” da Supercell, as ações da Supercell não foram compradas diretamente da empresa finlandesa. A Tencent as adquiriu da empresa japonesa SoftBank, criadora do robô Pepper, que já é usado em diversos locais.

De acordo com o Wall Street Journal, a negociação é uma forma da SoftBank balancear suas finanças. A empresa japonesa comprou a operadora norteamericana de telecomunicações Sprint por US$ 22 bilhões em 2013, mas não conseguiu reverter o quadro de prejuízos da operadora. Além dessa venda, a japonesa também deve vender cerca de US$ 8 bilhões em participações na gigante chinesa Alibaba até o fim do ano.

Fonte:  olhardigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Feliz aniversário NAGEL

Brother, desejamos tudo de bom pra uma pessoa querida como você! Muita saúde, paz, família…