A Tencent, que comanda a desenvolvedora de “League of Legends” Riot Games e possui a maior rede de games na China, pretende mudar o mercado de consoles com seu novo dispositivo. Durante a CES Asia, a companhia anunciou o Tencent TGP BOX, um console feito em parceria com a Intel que roda Windows 10 e é equipado com processadores i3, i5 ou i7 da geração Skylake.

Assim como os consoles convencionais, o Tencent roda jogos localmente, mas também permite baixar e fazer streaming de games, além de fazer transmissões ao vivo de gameplay. Além disso, o videogame possui uma funcionalidade chamada TGP BOX Mode, que permite alternar entre o “modo console” e o Windows 10.

O console já possui alguns jogos confirmados, incluindo “League of Legends“, “FIFA Online 3″, “NBA 2K Online”, “Monster Hunter Online” e “Need for Speed: Hot Pursuit Tournament”. No começo, os games que rodarão no console serão de parceiras da Tencent, mas a companhia pretende trazer mais títulos para o dispositivo no futuro.

Ainda não existem informações de preço e disponibilidade do Tencent TGP BOX. O lançamento do dispositivo fora da Ásia também é incerto. Possivelmente veremos mais novidades sobre o aparelho em eventos como a Computex e E3 2016, que acontecem nos próximos meses;

Este não é o primeiro console “diferentão” que nós vemos ser apresentado na China esta semana. Recentemente, a Fuze Entertainment lançou o Tomahawk F1, que traz o design de um PS4, controle de Xbox One e sistema operacional Android.

O aumento de dispositivos voltados para games na China durante este ano era esperado. Em 2015, o país acabou com o banimento de consoles, que eram proibidos desde o ano 2000. Por causa da proibição, o mercado de jogos para PC dominou o país, o que deixou os tradicionais PS4 e Xbox One no mesmo nível que novos produtos, deixando o mercado aberto para novos aparelhos.

Fonte: adrenaline via: Neowin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Juíza nega recurso da Sony e empresa é obrigada a desbanir PS5 em SP

Sony alega que usuária teria abusado da PS Collection, mas juíza indefere recurso. Uma das…