Antes do fenomenal trailer de anúncio para Battlefield 1, tinha muita gente desconfiada da temática na Primeira Guerra, inclusive importantes executivos da EA. Patrick Söderlund, chefe da EA Studios, admitiu numa reunião da empresa hoje que ele originalmente “rejeitou completamente” a temática do jogo quando o pessoal da Dice veio falar com ele pela primeira vez.

Quando o time me apresentou a ideia da I Guerra Mundial eu rejeitei completamente. Eu disse ‘I Guerra é uma guerra de trincheira, não dá pra ser divertido de jogar.

A Dice seguiu em frente com o desenvolvimento do jogo mesmo sem o “ok” do chefe até preparar uma pequena demo e mostrar a Söderlund, que então ficou convencido do trabalho que estava sendo feito para o jogo. O resultado é um vídeo de lançamento com mais de 31 milhões de visualizações no YouTube, o trailer mais visto de qualquer jogo que a EA já fez e também o trailer com o maior número de likes em todo o YouTube.

Söderlund ainda não quer deixar o sucesso subir à cabeça, entretanto. Na mesma reunião ele destacou que, agora que o jogo conseguiu tanto destaque, é mais importante ainda que ele entregue o prometido.

O que é importante é que agora nós temos que voltar e nos assegurar em entregar a completa promessa do que o Battlefield pode ser – e é isso que faremos.

Fonte: battlefieldbr via IGN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo mais será pago

O produto vai permitir a integração entre WhatsApp, Instagram e Facebook e o gerenciamento…