Hoje, o trânsito do Rio de Janeiro está travado em diversos pontos devido a uma manifestação de taxistas contra o Uber. Eles pedem a derrubada da liminar que libera o funcionamento do serviço na cidade. O Uber respondeu com descontos nas corridas.

>>> Giz Explica: a guerra entre taxistas e Uber

O desconto só vale se a corrida começar ou terminar em determinados pontos do Rio; a lista segue abaixo. Você receberá o abatimento de R$ 20 automaticamente, seja no UberX ou UberBlack. Isso só vale nesta sexta-feira (1) para uma viagem.

Eis as regras:

– abra o aplicativo hoje (1 de Abril de 2016)
– selecione entre as opções uberX e UberBLACK
– quando o endereço de início ou término da viagem for um do locais abaixo, você ganhará R$20 de desconto
– o desconto será aplicado automaticamente para viagens que comecem OU terminem no locais indicados abaixo
– cada usuário tem direito a UMA viagem com desconto, no dia 1 de Abril de 2016, entre 07:00h e 18:00h
– o desconto é válido apenas para sexta-feira, 01/04/16

Esta é a lista de locais que ativarão o desconto:

– Estação de metrô General Osório (Ipanema)
– Estação de metrô Sans Peña (Tijuca)
– Estação de metrô Central do Brasil
– Terminal Alvorada
– Estação de trem de Madureira
– Estação das barcas na Praça XV
– Estação de Metrô Nova América
– Estação de Mêtro Pavuna
– Estação das Barcas em Niterói
– Terminal do BRT Santa Cruz
– Terminal do BRT Campo Grande
– Terminal do BRT Campo Grande
– Terminal do BRT Ilha do Fundão
– Terminal do BRT Taquara
– Terminal do BRT Tanque
– Terminal de Ônibus da Ribeira
– Terminal de Ônibus do Terreirão – Recreio
– Terminal de Ônibus Américo Ayres – Meier

Uber-e-carro-1260x710

Em outubro, o Uber obteve uma liminar na Justiça autorizando seu funcionamento no Rio. O prefeito Eduardo Paes sancionou o PL 122/2015, que estipula multa para qualquer motorista não-autorizado caso seja pego em serviço, mas a empresa recorreu na Justiça.

Com a liminar, qualquer órgão que impeça as atividades dos motoristas do Uber estará sujeito a R$ 50 mil de multa. Segundo a Folha, os taxistas querem que a prefeitura proíba o Uber no Rio ou, pelo menos, pressione a Justiça a derrubar essa liminar.

Um taxista explica que o movimento começou na Semana Santa, quando a categoria registrou queda de 70% no número de corridas. O grupo está rompido com o sindicato dos taxistas, e se mobilizou por meio do WhatsApp.

Em um carro de som, um manifestante disse que “não adianta bater panela contra a corrupção e usar carro pirata”. O G1 também ouviu o seguinte: “temos uma história e sempre servimos bem a essa cidade, mas agora estamos sendo qualificados como bandidos por causa desses piratas”.

Centenas de taxistas se reuniram em vários pontos do Rio durante a madrugada. Eles planejam sair em carreata até o aeroporto Santos Dumont, e depois seguir para o prédio da prefeitura.

Fonte:  gizmodo via UberFolhaG1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Banco Central autoriza transferências bancárias pelo WhatsApp

Permissões possibilitam que aplicativo de mensagens seja usado para envio de recursos entr…