Controle de poderes funciona de forma instintiva; G1 testou versão de PS4.
Game da Blizzard terá mais uma fase de testes, aberta, entre 5 e 9 de maio.

As pessoas que já compraram suas cópias de “Overwatch” para Xbox One e no Playstation 4 poderão ter seu primeiro contato com o game entre os dias 3 e 5 de maio com os testes beta fechados — que contarão, assim como a versão de computadores, com servidores brasileiros. Entre os dias 5 e 9, acontecem os testes beta abertos.

Após alguns meses testando no PC o game de estreia da Blizzard no gênero de tiro em primeira pessoa, finalmente tive oportunidade de experimentar como ficou a adaptação pros consoles — no PS4, pelo menos.

Falarei mais sobre o game na resenha mais próxima ao lançamento no dia 24 de maio, mas já posso avisar que, a exemplo do que aconteceu com “Diablo 3”, a desenvolvedora fez um ótimo trabalho.

Aliás, ao contrário do que aconteceu com o RPG, o novo game aparenta não ter perdido nenhuma de suas características com a mudança. Estão lá os 21 heróis repletos de personalidade, todos os seus poderes e os mapas com diferentes objetivos.

A experiência dos confrontos entre os times de seis jogadores não tem muita diferença entre as plataformas, mesmo para quem prefere o mouse e o teclado — eu mesmo não tenho lá grande experiência com FPS em consoles.

Junkrat utiliza explosivos e armadinhas para neutralizar inimigos em 'Overwatch', da Blizzard (Foto: Divulgação/Blizzard)Junkrat utiliza explosivos e armadinhas para neutralizar inimigos (Foto: Divulgação/Blizzard)

Claro, os mais acostumados terão maior facilidade com os heróis que exigem precisão como a Widowmaker ou até a Tracer, mas para aqueles sem tanta familiaridade existem personagens com tiros explosivos ou simplesmente com maior alcance.

Uma das coisas que garante que cada um dos heróis é mais do que apenas o representante de uma classe diferente são seus poderes variados. Todos têm no mínimo três, sendo que um deles é uma espécia de especial que lembra muito o famoso “ultimate” das arenas multiplayer (MOBA, da sigla em inglês), que podem ser acessados através do controle de maneira bem intuitiva — no PS4, um ficava no L1, outro no R1 e o especial, no triângulo.

E esta era minha maior preocupação, como funcionaria o acesso aos poderes no controle. Claro, ainda é um pouco difícil continuar pulando (X) enquanto miro (R3), atiro (R2) e mudo a especialidade do brasileiro Lúcio (ele pode aumentar a velocidade da equipe ou curá-la com), mas talvez seja a minha falta de experiência.

Talvez o maior problema seja que as partidas continuam bastante aceleradas, e a mudança de direção é constante. O mouse obviamente oferece maior mobilidade e raio de movimentação, mas isso provavelmente pode ser superado aumentando a sensibilidade do controlador (infelizmente não pude testar por falta de tempo).

Superada a estranheza da falta de teclado, tudo funciona exatamente como no computador. Os cenários da Blizzard nunca exigiram muito processamento gráfico, então no consoles eles funcionam com perfeição.

“Overwatch” tem potencial para ser o game que fará com que a Blizzard volte a pensar com mais carinho nos consoles, mas, como jogador de PC, torço para que não divida tanto a comunidade a ponto de não conseguir mais achar partidas após um tempo, como aconteceu com “Star Wars Battefront”.

D.Va, Genji e Mei são os três novos personagens de 'Overwatch', da Blizzard (Foto: Divulgação)D.Va, Genji e Mei são os três novos personagens de ‘Overwatch’, da Blizzard (Foto: Divulgação)
Cena do jogo 'Overwatch', apresentado pela Blizzard durante a conferência BlizzCon 2014. (Foto: Divulgação/Blizzard)Cena do jogo ‘Overwatch’, apresentado pela Blizzard durante a conferência BlizzCon 2014. (Foto: Divulgação/Blizzard)
Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Conheça os Jogos da Comunidade do Battlefield V, HC só em 2020

BFV: Jogos da Comunidade (servidores) lista completa com recurso atuais e o que virá em 20…