Em outubro do ano passado, a Playboy norte-americana anunciou que ia parar de publicar fotos de mulheres nuas em suas páginas, dando mais ênfase ao erotismo. Em março deste ano, a primeira edição da revista sem ‘nudes’ será lançada e, pasmem, a capa faz referência ao Snapchat, aplicativo famoso pelos vazamentos de fotos onde, na grande maioria, os usuários não estão de roupa.

A capa inspirada no Snapchat traz o icônico textinho em uma faixa preta e uma foto provocantes da Sarah McDaniel, modelo com heterocromia ocular que ganhou destaque em vários sites em outubro do ano passado por causa de suas selfies.

A aposta da revista em uma modelo da internet e em referências ao Snapchat está ligada ao público da revista, que, segundo pesquisas, é o mesmo do aplicativo: jovens entre 18 e 24 anos. Agora, com as mudanças editoriais, a revista também poderá atingir um público maior (e com menos idade).

As mudanças editoriais na Playboy que levaram a extinção dos “nudes” na revista se deram, principalmente, por causa da internet. Diferente dos “tempos antigos”, onde a publicação era a única porta para nudez disponível, hoje temos diversas fontes para nudez disponíveis na interweb.

Além disso, aplicativos como o Snapchat também facilitam o trânsito de fotos picantes. Basta enviar um “manda nudes” pelo app, receber uma imagem e, logo depois de ser visualizada, ela se apaga (quando não fica guardada nos servidores do aplicativo).

Mais informações sobre a primeira edição da Playboy sem “nudes”, bem como a modelo da capa, estão disponíveis no site da Playboy, que agora é totalmente Safe For Work.

Fonte:  adrenaline via The Verge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…